Postado em: 08/05/2016 18:30:00

Chapecoense tem metade dos estaduais do Criciúma

Verdão alcançou cinco taças, enquanto o Tigre, contando com o Comerciário, tem dez conquistas

O domingo é de festa para a Chapecoense, campeã catarinense pela quinta vez na história. Com a conquista, o Verdão alcançou a metade de títulos que o Criciúma tem. As taças da Chapecoense são de 1977, 1996, 2007, 2011 e 2016. Já o Criciúma tem os títulos de 1968 (como Comerciário), 1986, 1989, 1990, 1991, 1993, 1995, 1998, 2005 e 2013. São dez títulos do Tigre.

O maior campeão é o Figueirense, com 17 conquistas. São 16 do Avaí e 12 do Joinville que, dos grandes, é o time que não é campeão faz mais tempo. O JEC não fatura o Estadual desde 2001. De resto, são campeões catarinenses o Caxias de Joinville (três vezes), Carlos Renaux de Brusque, Hercílio Luz de Tubarão e Olímpico de Blumenau (duas vezes), Atlético Catarinense, Externato e Paula Ramos (Florianópolis), CIP, Lauro Müller e Marcílio Dias (Itajaí), Ferroviário (Tubarão), Internacional (Lages), Operário (Joinville), Perdigão (Videira), Ypiranga (São Francisco do Sul) e Brusque, todos com um título, fecham a lista.

Por cidades, são 36 títulos de Florianópolis, 21 de Joinville, 15 de Criciúma, cinco de Chapecó, três de Brusque e Itajaí, dois de Tubarão e Blumenau, um de Lages, Videira e São Francisco do Sul.

Na classificação geral e final, o Catarinense de 2016 fechou com Chapecoense em primeiro, Joinville em segundo, Criciúma em terceiro, Figueirense em quarto, Brusque em quinto, Inter de Lages em sexto, Metropolitano em sétimo, Avaí em oitavo e os rebaixados, Guarani em nono e Camboriú em décimo lugar.

Fonte: Texto: Denis Luciano / Foto: Jota Éder