Postado em: 19/04/2017 08:45:00

Mau cheiro no São Luiz: empresa tem até sexta-feira para apresentar soluções

Fundação Municipal de Meio Ambiente fiscaliza melhorias prometidas à comunidade para minimizar odor da fábrica de rações.

Continua a discussão sobre o mau cheiro provocado por uma fábrica de rações no bairro São Luiz em Criciúma. Depois de inúmeras reclamações de moradores do entorno, a Fundação Ambiental de Criciúma (Famcri) realizou algumas vistorias e estipulou prazos para que a empresa se adequasse.

Nesta semana, a empresa apresentou relatórios sobre a diminuição do odor na vizinhança. Mesmo assim, a Famcri aguarda outros dados. “Eles têm até sexta-feira para nos apresentar um relatório produzido com os moradores. Solicitamos que façam uma pesquisa com a vizinhança para ouvir opiniões a respeito do odor. Nós da Famcri também faremos este relatório para poder comparar com os dados da empresa”, destaca a presidente da Famcri Anequesselen Fortunato.

Além do problema do mau cheiro, empresa e prefeitura discutem ainda retorno financeiro e mobilidade urbana entorno da fábrica.

Fonte: Texto: Karol Carvalho / Foto: Reprodução Google