Notícias em destaque

  Ciro prestigia convenção do PDT em Santa Catarina

commentJornalismo access_time21/07/2018 17:00

Um dia após ser oficializado candidato a presidência do Brasil, Ciro Gomes faz primeiro ato em Santa Catarina

International Champions Cup de 2018

commentEsporte access_time21/07/2018 15:00

O maior torneio de pré-temporada do futebol europeu

Criciúma vence de virada o Londrina

commentCriciúma EC access_time20/07/2018 21:15

Com muito sufoco o Tigre conseguiu uma virada aos 43 minutos do segundo tempo

 
Silvio Santos afirmava em 1991 que o comando da Rede Record ainda pertenceria ao SBT

Origem dos US$ 45 milhões pagos por Edir Macedo para adquirir a emissora seria investigada

comment Jornalismo access_time26/09/2017 - 10:25

Fonte: Antonio Colossi / Portal Rádio Eldorado - Foto: Divulgação

O empresário e apresentador Silvio Santos, dono do SBT e um dos antigos proprietários da Rede Record de Rádio e Televisão, disse em depoimento à Polícia Federal em 26 de setembro de 1991 no inquérito que investigava a venda da Record ao Bispo Edir Macedo Bezerra, que o comando da Rede Record ainda pertenceria ao SBT e a Paulo Machado de Carvalho e não ao presidente da Igreja Universal do Reino de Deus.

O depoimento de Silvio Santos contrariava outros anteriores que garantiam à policia e à Procuradoria da República que a Record estava sendo administrada por Edir Macedo.

Como não houve transferência do controle da emissora na secretaria nacional de comunicações, a operação da venda da Record estava incursa em crime previsto no Código Brasileiro de Telecomunicações.

A procuradoria da República investigava a origem dos US$ 45 milhões utilizados por Edir Macedo para a aquisição da emissora.

No depoimento que prestou há 26 anos, afirmou que as áreas operacional e administrativa da Record estavam sendo tocadas ainda pelo advogado Luiz Sebastião Sandoval, representante da holding Silvio Santos, e Erasmo Alfredo do Amaral de Carvalho Filho, outro antigo proprietário da rede e vendedor.

Silvio Santos chegou à Polícia Federal às 9h50min. Para os jornalistas ele afirmou não ter a mínima ideia de irregularidades na transação envolvendo a Rede Record.

O delegado Antonio Decaro Junior, que presidia o inquérito, apuraria a origem e o destino do dinheiro envolvido na compra da rede e investigaria as denúncias feitas pelo Pastor Carlos Magno de Miranda, dissidente da Igreja Universal, que dizia à época que pelo menos US$ 1 milhão usados na compra da Record foram doados por um traficante que pertencia ao Cartel de Medellin.

O depoimento do bispo Edir Macedo ocorreria no dia 8 de outubro daquele ano de 1991.

micÁudio da notícia

Em 1991, inquérito investigava a venda da Rede Record ao Bispo Edir Macedo Bezerra



content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

  Ciro prestigia convenção do PDT em Santa Catarina

commentJornalismo access_time21/07/2018 17:00

Um dia após ser oficializado candidato a presidência do Brasil, Ciro Gomes faz primeiro ato em Santa Catarina

  Conti: "Eleição é oportunidade para escolher o pais que queremos"

commentJornalismo access_time21/07/2018 16:30

Professor de Direito Constitucional, Luiz Eduardo Conti, participou de programa especial sobre as eleições

  Eleições 2018: Convenções não acabam com as dúvidas

commentJornalismo access_time21/07/2018 16:00

Apesar de 11 partidos políticos oficializarem Gelson Merísio candidato a governador, o "jogo da eleição" segue nebuloso

Maracajá em festa

commentJornalismo access_time21/07/2018 14:00

Festividade enaltece o trabalho dos colonizadores e tem preços populares

Gelson Merísio mostra força na Superconvenção

commentJornalismo access_time21/07/2018 12:52

Pré-candidato a governador organiza segundo grande evento com força de articulação histórica