Notícias em destaque

O novo uniforme do Tigre

commentJornalismo access_time17/01/2020 16:00

Apresentação das novas camisas do time foram apresentadas na tarde desta sexta-feira

Detalhados os jogos dos catarinenses na Copa do Brasil

commentEsporte access_time14/01/2020 07:30

O Criciúma estreia diante do Santo André-SP, fora de casa no dia 6 de fevereiro

Mercado da bola do Tigre

commentCriciúma EC access_time14/01/2020 07:30

Confira as movimentações do Criciúma para a temporada de 2020

 
Em nota, Miri Dagostim repudia eleição de diretório do PP

Presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma afirma ter sido "podado na indicação de nomes para fazerem parte do diretório"

comment Jornalismo access_time16/08/2019 - 07:50

Reportagem: Jornalismo / Rádio Eldorado

A eleição do Partido Progressista, que colocou Paulo Conti na presidência do partido em Criciúma, segue repercutindo. Nesta quinta-feira (16). o presidente da Câmara de Vereadores, Valmir Dagostim (PP), emitiu nota de repúdio a maneira que o processo de eleição do novo diretório foi conduzida.

Confira a nota na íntegra:

Venho de público apresentar minha indignação com o processo eleitoral para a eleição do novo Diretório do Partido Progressista de Criciúma, bem como da nova executiva partidária. Sou filiado há aproximadamente quarenta anos e vereador de Criciúma. Tenho uma história de luta junto ao Partido Progressista! Fui podado na indicação de nomes de pessoas de bem para fazerem parte do diretório, sendo que nem o número máximo previsto foi preenchido, caindo por terra qualquer justificativa de falta de espaço.

Pessoas da mesma família, marido e mulher, ocupando espaço dentro do diretório em detrimento de pessoas que sempre se dedicaram e ainda se dedicam ao nosso partido. Casos de filiação irregular, ou seja, filiações feitas em última hora, ou há menos de trinta dias caso em que o estatuto partidário veda a participação como membro de diretório e executiva do partido. Uma convenção onde não foi feito uma ata, incl usive mudando nomes de pessoas ao longo dos dias que antecederam a eleição da executiva.

Durante a gestão anterior perdemos vários companheir suplentes de vereador e, inclusive, ex-prefeito, onde o presidente nada fez para tentar reverter tal situação, perdendo, o Partido Progressista, mais de onze mil votos, conquistados na última eleição. O ex-presidente apresentou renúncia, por escrito, e, no dia seguinte, sem qualquer explicação plausível, recolheu tal documento, não possibilitando o vice-presidente exercer legalmente e legitimamente a função de presidente, mesmo que de forma interina, gerindo os destinos do partido.

Isso tudo vêm demonstrar que tais práticas, da velha política, ainda se fizeram presentes na forma como foi feita a eleição do diretório e a executiva municipal do Partido Progressista. Isto é lamentável! Não podemos mais aceitar práticas deste tipo.

micÁudio da notícia





content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

O novo uniforme do Tigre

commentJornalismo access_time17/01/2020 16:00

Apresentação das novas camisas do time foram apresentadas na tarde desta sexta-feira

  Policiais condenados por tortura

commentJornalismo access_time17/01/2020 15:45

Decisão do Tribunal de Justiça condena PMs do Bope. A vítima tem 15 anos

  PSL-SC deve saltar de um para mais de 30 prefeitos

commentJornalismo access_time16/01/2020 10:00

Presidente estadual da sigla reafirma fidelidade do PSL ao presidente Bolsonaro

Deputado emite nota sobre BO de agressão

commentJornalismo access_time15/01/2020 17:17

Notícia do portal "ndonline" da capital revela agressão que teria ocorrido no Balneário Rincão

  Jessé Lopes e o gabinete da polêmica

commentJornalismo access_time15/01/2020 10:01

Deputado diz que vai manter o mesmo perfil em 2020