Notícias em destaque

Última Feira da Agricultura Familiar no ano

commentJornalismo access_time12/12/2019 15:44

Feira aconteceu nesta quinta-feira (12) no Paço Municipal Marcos Rovaris

Seleção Feminina: Pia Sundhage avalia duelo diante do México

commentEsporte access_time12/12/2019 14:00

Treinadora da Seleção Feminina comandou última atividade antes do duelo com a equipe mexicana

Definido o primeiro adversário do Tigre na Copa do Brasil em 2020

commentCriciúma EC access_time12/12/2019 15:30

Santo André também venceu a Copa do Brasil em 2004

Empate no Majestoso e poucas chances de não cair

Com o resultado de 1 a 1 contra o Paraná, o Criciúma já pode ser rebaixado dependendo de resultados desta rodada

comment Criciúma EC access_time19/11/2019 - 21:29

Reportagem: Esporte / Rádio Eldorado - Foto: Criciúma E. C.

Em um jogo com muita pressão, o Criciúma Esporte Clube só consegue um ponto em casa, com empate de 1 a 1 contra o Paraná. Agora, está cada vez mais garantido na Série C. Para não cair, o Tigre depende de outros resultados. O Figueirense deve perder as duas partidas que disputar e o Londrina não pode vencer nenhum dois dois jogos também.

Os primeiro lance ofensivo da partida foi do adversário. Aos 12 minutos, Éder Sciola entra na área e chuta, mas Paulo Gianezini espalma. Logo após, aos 14 minutos, é a vez de Foguinho ir para cima, para o time carvoeiro. Ele chuta de longe, mas a bola passa por cima.

Aos 17 minutos, uma boa ofensiva do Tigre. Primeiro, Carlos Eduardo passa para Foguinho, que tenta chutar, mas a zaga intercepta. O Criciúma continua com a bola no rebote, com Marlon, que cruza para área, onde Léo Gamalho vai bem de cabeça e mete a bola no travessão. Aos 20 minutos, o Paraná tem boa chance. Jhemerson chega pela esquerda, vai para o meio e chuta. Paulo Gianezini defende, a bola sobra para os atacantes paranaenses e Éder Sciola chuta muito alto, para fora. Aos 28 minutos, mais uma ofensiva com Léo Gamalho, que domina na área, gira e chuta. A bola desvia na zaga e vai para fora. Aos 30 minutos, novamente o Tigre avança, com um chute direto de Marlon para o gol. O goleiro Thiago Rodrigues alcança e espalma para fora.

Infelizmente para o Criciúma, aos 34 minutos, Guilherme Santos recebe pela meia esquerda, após um bom contra-ataque, segue para a área, chuta e marca. Paraná abre o placar no Heriberto Hülse.

Aos 40 minutos, Jhemerson sente a coxa e cai em campo. Alesson entra no lugar dele para o Paraná. Aos 42 minutos, em cobrança de escanteio, Bruno Rodrigues vai de cabeça, mas manda para fora. Aos 44 minutos, é a vez do Tigre tentar com um escanteio. Sandro sobe para marcar de cabeça, mas a bola vai para fora.

O primeiro tempo se encerra com 1 a 0 para o Paraná. Na volta em campo, o Tigre troca Carlos Eduardo por Daniel Costa. O time adversário não mexe.

Aos dois minutos, Foguinho leva cartão amarelo por falta em Alesson, quando o meio-campista tentava contra-ataque. Aos 11 minutos, o Criciúma substitui mais uma vez. Sai Reis, entra Reinaldo. Aos 17 minutos, Léo Gamalho sofre falta na meia-lua da área adversária. Daniel Costa vai para a cobrança. Com categoria, mas alto demais, o meio-campista coloca a bola para fora.

Aos 21 minutos, o Paraná muda a primeira vez. Sai Jhonny Douglas para a entrada de Itaqui. Aos 22 minutos, depois de uma trombada com Matheus Anjos, Sandro leva cartão amarelo. Aos 29 minutos, Paulo Gianezini salva o Tigre de levar o segundo. Matheus Anjos recebe da esquerda, passa para Jhenisson, no meio, que bate de primeira. Graças ao goleiro do Criciúma, que faz boa defesa, o gol não sai. Aos 30 minutos, Foguinho tenta de fora da área, mas pega mal e não marca. Aos 32 minutos, Derlan leva amarelo e Wesley sai para a entrada de Lukinha.

Aos 40 minutos, em uma cobrança de escanteio de Daniel Costa, Derlan fica caído na disputa alta com Luiz Otávio e Foguinho tenta aproveitar a sobra de primeira, mas a bola bate na zaga. Léo Gamalho não deixa escapar o rebote, bate no canto e empata o jogo, para a felicidade da torcida carvoeira.

Após o lance de empate, começa uma confusão entre o árbitro e os jogadores do Paraná, que reclamam de uma falta no lance entre Derlan e Luiz Otávio. Rodolfo é expulso e Fabrício levou cartão amarelo pelas reclamações. Até o técnico do time, Matheus Costa, foi expulso na confusão. O árbitro dá sete minutos de acréscimo. As duas equipes botão pressão. Aos 50 minutos, após uma ótima jogada ofensiva do Tigre, Daniel Costa pega o rebote e cruza para a área. Foguinho pega de bicicleta, em um belo lance, mas o goleiro Thiago Rodrigues não deixa passar.

Aos 51 minutos, Andrew sofre falta de Fabrício, que dá um carrinho no atacante carvoeiro e é expulso. A cobrança de falta é bem perto da linha da área. Marlon vai para o lance e bate direto, mas o goleiro adversário defende. No último minuto de jogo, em cruzamento de Reinaldo, Léo Gamalho quase marca.

Apesar da pressão do Criciúma, o jogo termina com empate. Para o Tigre, a situação fica muito mais difícil, já que pode ser rebaixado antes da última partida, conforme os outros resultados da rodada. Em caso do Figueirense marcar qualquer ponto ou o Londrina vencer alguma das duas últimas partidas, o Tigre já estará na Série C.

A próxima partida do Criciúma Esporte Clube, o último jogo da temporada, é contra o Oeste, dia 30, na Arena Barueri, no estado de São Paulo.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 19 de novembro 2019, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins e Fabricio Lima Baseggio (ambos do RS)
Cartões amarelos: Derlan, Sandro e Foguinho (Criciúma); Fabrício e Itaqui (Paraná)
Cartões vermelhos: Rodolfo e Fabrício (Paraná)
Gols: Guilherme Santos aos 33′ do 1ºT (Paraná); Léo Gamalho aos 40′ do 2ºT (Criciúma);

CRICIÚMA: Paulo Gianezini; Carlos Eduardo (Daniel Costa), Derlan, Sandro e Marlon; Eduardo, Foguinho, Wesley (Luquinha) e Reis (Reinaldo); Léo Gamalho e Andrew
Técnico: Roberto Cavalo

PARANÁ CLUBE: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Fabrício e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui (Jhony Douglas), Matheus Anjos (Vitinho) e Jhemerson (Alesson); Bruno Rodrigues e Jenison
Técnico: Matheus Costa

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Criciúma EC

Definido o primeiro adversário do Tigre na Copa do Brasil em 2020

commentCriciúma EC access_time12/12/2019 15:30

Santo André também venceu a Copa do Brasil em 2004

Reunião do Conselho Deliberativo

commentCriciúma EC access_time11/12/2019 07:30

Como principal destaque entre as pautas tivemos o orçamento para 2020

Andrew continua no Criciúma

commentCriciúma EC access_time10/12/2019 07:30

O jogador possui contrato até o fim de dezembro de 2020

Foguinho confirmado em 2020

commentCriciúma EC access_time09/12/2019 07:30

Atleta renova com o Tigre por mais uma temporada

Criciúma confirma Executivo de Futebol

commentCriciúma EC access_time06/12/2019 13:10

Na próxima semana têm reunião do Conselho Deliberativo do clube