Notícias em destaque

  Deu "negativo" no teste de coronavírus

commentJornalismo access_time01/04/2020 12:40

Governo do Estado descarta suspeita de coronavírus em Criciúma

Novas datas para os jogos Olímpicos e Paraolímpicos

commentEsporte access_time30/03/2020 10:00

Foi confirmado anteriormente que todos os atletas já qualificados e as cotas já atribuídas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 permanecerão inalteradas

  Financeiro, estadual e Série C

commentCriciúma EC access_time01/04/2020 10:45

Presidente se pronunciou na manhã desta quarta-feira (01) no Majestoso

Reunião prévia do Catarinense Série C 2020 contou com 12 clubes

Clubes que não participaram da reunião prévia não disputarão a competição em 2020

comment Esporte access_time28/11/2019 - 08:00

Reportagem: Esporte / Rádio Eldorado - Foto: Divulgação

A Federação Catarinense de Futebol realizou a reunião prévia do conselho técnico do Campeonato Catarinense da Série C de 2020. Onze dos quinze clubes aptos a participar compareceram e o Araranguá EC esteve representado por procuração. Três clubes com direito adquirido de participação na competição em 2020 não compareceram: CA Itajaí, Blumenau EC e AA Orleans. A grande novidade da edição de 2020 é o acesso dos três primeiros colocados ao Catarinense Série B em 2021.

O Catarinense Série C já tem a data de início definida, a competição terá bola rolando no dia 06 de setembro. A data da final será conhecida mediante a definição do número de participantes e da forma de disputa. A segunda e definitiva reunião do conselho técnico que definirá o número de participantes e a forma de disputa do Catarinense Série C 2020 será no dia 28 de maio, também na sede da FCF, em Balneário Camboriú.

Como o Catarinense Série C abrange os novos clubes, os clubes que estejam reativando seus departamentos de futebol profissional e os clubes que buscam profissionalização para participar, a reunião prévia do conselho técnico serviu para instruir os dirigentes sobre critérios de participação na competição.

Independentemente da situação, os sete clubes “novos” que compareceram à reunião terão que regularizar suas pendências e apresentar os três laudos de viabilidade das praças de esportes até o dia 28 de abril, conforme a Portaria 290/15 do Ministério dos Esportes: Laudo de Segurança; Laudo de Prevenção e Combate a Incêndio; Laudo de Condição Sanitária e Higiene e Laudo de Engenharia, Acessibilidade e Conforto. Somente após o envio dos laudos, a Polícia Militar irá confirmar o cronograma de vistorias para emitir o seu laudo. Os oito clubes que têm direito adquirido de participação na competição deverão obrigatoriamente apresentar os três laudos de viabilidade das praças de esportes até 31 de janeiro de 2020.

Clubes que não participaram da reunião prévia não disputarão a competição em 2020. Os sete clubes “novos” terão até o dia 14 de fevereiro de 2020 para indicar um estádio onde a equipe profissional irá atuar e outros dois estádios onde as categorias de base poderão mandar partidas.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Esporte

Novas datas para os jogos Olímpicos e Paraolímpicos

commentEsporte access_time30/03/2020 10:00

Foi confirmado anteriormente que todos os atletas já qualificados e as cotas já atribuídas para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 permanecerão inalteradas

Clubes da Série B anunciam férias coletivas

commentEsporte access_time27/03/2020 08:20

Os 20 clubes que disputarão a competição em 2020 publicaram algumas medidas tomadas em conjunto

De casa, Tite e sua comissão técnica se reúnem por videoconferência

commentEsporte access_time26/03/2020 09:50

Equipe definiu diretrizes para o trabalho durante este período de isolamento e seguirá o trabalho de olho nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

Olimpíadas e Paralimpíadas são oficialmente adiadas

commentEsporte access_time24/03/2020 10:00

O mais tardar é que o evento esportivo aconteça no verão de 2021

Clubes catarinenses disponibilizam suas estruturas no combate ao Covid-19

commentEsporte access_time23/03/2020 08:10

Criciúma, Figueirense, Avaí e Juventus colocaram, dentre outros, seus centros de treinamentos à disposição do governo