Notícias em destaque

Câmara de Vereadores promete economizar R$ 1 milhão

commentJornalismo access_time08/04/2020 18:45

Redução do salário do prefeito, vice e vereadores foi aprovada nesta quarta-feira

  CBF anuncia medidas de apoio financeiro aos clubes e Federações

commentEsporte access_time07/04/2020 08:00

Entidade repassará às equipes que disputam as Séries C e D valores equivalentes à média de duas folhas salariais dos atletas de cada competição

Mais de 6 toneladas de alimentos arrecadados

commentCriciúma EC access_time08/04/2020 10:00

A campanha segue até o próximo dia 17

Estado publicará portaria para regular quantidade de funcionários para manutenção de serviços essenciais

Chefe do Executivo estadual também informou que um novo decreto será publicado e tratará da especificação do que são os serviços essenciais

comment Jornalismo access_time23/03/2020 - 07:01

Reportagem: Jornalismo Eldorado / Divulgação

O Governo do Estado publicará nesta segunda-feira, 23, uma portaria que regulamentará a quantidade de funcionários mínima necessária para a manutenção dos serviços essenciais em Santa Catarina. A informação foi confirmada pelo governador Carlos Moisés em pronunciamento por vídeo na noite deste domingo, 22.

O chefe do Executivo estadual também informou que um novo decreto será publicado nesta segunda-feira e tratará da especificação do que são os serviços essenciais, notadamente entre as indústrias, com a normatização do funcionamento das fábricas. Eventuais dúvidas serão tratadas pelo Centro de Operações em Emergência da Saúde (COES). Ambas as publicações constarão no Diário Oficial do Estado.

Em sua fala, Carlos Moisés destacou a importância do setor agroindustrial em Santa Catarina e disse que a manutenção dos trabalhos é fundamental.

“É importante destacar que esse decreto visa fazer com que a angroindústria permaneça ativa para evitar o desabastecimento. Também quero aproveitar a oportunidade para agradecer a todos os profissionais deste setor que eleva o nosso Estado. Santa Catarina é um celeiro por força dessa gente que trabalha e está todo dia no campo”, frisou o governador. P>>>>Acompanhe as notícias do Governo do Estado

Pedido ao Ministério da Defesa
Carlos Moisés afirmou que a equipe de Governo trabalhou ao longo do domingo em prognósticos sobre as medidas de restrição do convívio social diante da pandemia do novo coronavírus. Ele informou também que um expediente foi enviado ao Ministério da Defesa solicitando apoio no controle de fronteiras e do movimento em aeroportos, inclusive com o uso das Forças Armadas.

Também foi anunciada a formação de um grupo de trabalho envolvendo o Ministério Público (MPSC), o Tribunal de Contas (TCE), o Tribunal de Justiça (TJSC)e o Governo, por meio do Procon, para dar mais transparência às compras realizadas pela Secretaria da Saúde e combater a elevação de preços sem justificativa por parte de algumas empresas.

Açougues, padarias, peixarias e mercearias abertas
Por fim, o governador esclareceu que o serviço das padarias, peixarias, mercearias e açougues segue funcionando normalmente, desde que respeitadas as regras de distanciamento entre as pessoas, com 1,5 metro entre cada indivíduo.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Câmara de Vereadores promete economizar R$ 1 milhão

commentJornalismo access_time08/04/2020 18:45

Redução do salário do prefeito, vice e vereadores foi aprovada nesta quarta-feira

  Governo sinaliza abrir o comércio varejista segunda-feira

commentJornalismo access_time08/04/2020 18:20

Se não houver agravamento do quadro de coronavírus, atividades serão liberadas

  Médicos tem liberação para uso de Cloroquina contra Coronavírus

commentJornalismo access_time08/04/2020 08:45

Mesmo com liberação do Ministério da Saúde, eeito positivo do remédio segue sendo avaliado

  Santa Catarina registra temperaturas negativas no amanhecer

commentJornalismo access_time08/04/2020 07:34

Amanhecer teve -3,9ºC em Urupema, na serra catarinense

  Caixa inicia pagamento de auxílio nesta quinta-feira; entenda

commentJornalismo access_time08/04/2020 07:21

Valor de R$ 600 será pago a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados