Notícias em destaque

Prefeito de Forquilhinha assume presidência da AMREC

commentJornalismo access_time27/01/2022 08:12

José Cláudio Gonçalves, o Neguinho (PSD), sucede o atual presidente e prefeito de Orleans, Jorge Luiz Koch (MDB).

Etapa de Criciúma do STU National abre calendário dos campeonatos de Skate em 2022

commentEsporte access_time13/01/2022 12:32

Cidade recebe o evento a partir desta quinta (13). Vários skatistas olímpicos, como Rayssa Leal, já estão confirmados

Troféu Maximiliano Gaidzinski retorna ao clube

commentCriciúma EC access_time21/12/2021 07:30

O torcedor poderá ver uma réplica da taça na Sala de Troféus Décio Bianchini Góes

CADÊ O MDB (EX-PMDB)?

Texto de Willi Backes

comment Jornalismo access_time05/12/2021 - 18:00

A fundação versão original do Movimento Democrático Brasileiro – MDB, ocorreu em 24 de Março de 1966, quando passou a dividir até 1979 com a Aliança Renovadora Nacional – ARENA, o bipartidarismo na política brasileira.
Em 15 de Janeiro de 1980, na Praça dos Três Poderes, em Brasília, liderados por Tancredo Neves e o Colégio Eleitoral, foi fundado o Partido Movimento Democrático Nacional – PMDB, junção de inúmeras aglomerações e tendências políticas formadas na oposição ao Governo Político-Militar instalado no Brasil a partir de 1964.
Em 25 de Junho de 1988, o PMDB sofreu importante dissidência, quando liderados pelos “pemedebistas” paulistas Fernando Henrique Cardosos, José Serra, Mario Covas, Franco Montoro e Sérgio Motta, foi fundado o Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB.
A trajetória nominal do partido recebeu nova alteração em 13 de Dezembro de 2017 quando passou novamente a ser chamado de Movimento Democrático Brasileiro – MDB.
TRAJETÓRIA EXPONENCIAL, GOVERNADORES E PRESIDENTES.
Nos mais de 55 anos na vida-política-nacional, o MDB/PMDB participou ativamente nos debates regionais e nacionais, sempre na condição de maior partido do Brasil, respaldado pela matemática.
Em 1982, quando da retomada das eleições diretas para Governador, elegeu nove (9) governadores. Em 1986, nos 23 Estados existentes na época, elegeu vinte e dois (22), restando ao PFL eleger apenas um (1). Sucessivamente elegeu em 1990, sete (7) governadores, em 1994 nove (9) governadores, em 1998 seis (6) governadores, em 2002 cinco (5) governadores, em 2006 sete (7) governadores, em 2010 cinco (5) governadores, em 2014 sete (7) governadores e em 2018 elegeu três (3) governadores.
Em 15 de Janeiro de 1985, através de eleição no Colégio Eleitoral, Tancredo de Almeida Neves, do PMDB, foi eleito Presidente da República. Oriundo da ARENA e se filiando ao PMDB em 1984, sendo candidato à Vice-Presidente de Tancredo Neves, José Sarney com o afastamento e morte do Presidente eleito, foi galgado à Presidência da República.
Com a renúncia do Presidente Fernando Collor de Mello eleito pelo PRN, o Vice Presidente Itamar Augusto Cartiero Franco, do PMDB, foi Presidente da República entre os anos de 1992 e 1995.
No decorrer do seu segundo mandato na Presidência da República, Dilma Vana Rousseff, do PT, foi destituída através de “impeachment”, assumindo em seu lugar para o período de 2016 à 2018, o Vice Presidente Michel Miguel Elias Temer Lulia, do PMDB.
O PMDB/MDB REGIONAL.
Em Santa Catarina, Pedro Ivo Campos em chapa pura do PMDB, foi eleito em 1986. Na sequencia, o PMDB elegeu Governador Paulo Afonso Vieira em 1994, Luís Henrique da Silveira com Eduardo Pinho Moreira do PMDB em 2002 e Luís Henrique da Silveira novamente em 2006. Em 2010 e 2014, Eduardo Pinho Moreira do PMDB, foi eleito Vice Governador e nos dois mandatos, assumiu a condição de Governador por longos períodos de tempo.
Em Criciúma, em 1970, Nelson Alexandrino foi eleito Prefeito pela sigla do MDB. Em 1983, foi eleito pelo PMDB o prefeito José Augusto Hulse. Em 1993, Prefeito Eduardo Pinho Moreira. Em 1997, foi eleito o Prefeito Paulo Meller, do PMDB e por último, em 2005 foi eleito Anderlei Antonelli, pelo PMDB à Prefeito.
O MDB EM NÚMEROS.
No ano de 2021, o MDB tem entre todos os partidos, o maior número de filiados. São 2.128.452. O MDB tem três (3) Governadores. É o partido com o maior número de Prefeitos no Brasil, são 784, sendo cinco (5) em Capitais. Com quinze (15) Senadores é a maior bancada no Senado. Na Câmara são trinta e quatro (34) Deputados Federais, a sexta bancada.
Recém o Brasil promoveu as eleições municipais, e nelas, apesar de ser ainda o partido com maior número de Prefeitos eleitos, reduziu de 1044 eleitos em 2016 para 784 em 2020.
As eleições previstas para serem realizadas em 2022 – Presidência, Governadores, Senado, Câmara Federal e Câmara Estadual - estão em plena projeção, elaboração e propagação. Nos debates com alguma relevância regional e nacional, é flagrante a irrelevância da inserção do MDB. Ao “velho MDB, bom no embate e votos”, faltam ideias, lideranças e promotores.

Reportagem: Redação Eldorado - Willi Backes

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Prefeito de Forquilhinha assume presidência da AMREC

commentJornalismo access_time27/01/2022 08:12

José Cláudio Gonçalves, o Neguinho (PSD), sucede o atual presidente e prefeito de Orleans, Jorge Luiz Koch (MDB).

Revitalização da rodovia Jorge Lacerda deve ficar pronta em maio

commentJornalismo access_time20/01/2022 08:35

A estrada representa o principal acesso pelo Sul de Criciúma, além de uma importante porta de entrada para a cidade vizinha de Forquilhinha.

Covid-19: Criciúma inicia vacinação de crianças nesta terça-feira

commentJornalismo access_time18/01/2022 13:46

Aplicação das 1070 doses que chegaram no sábado (15) iniciou às 8h.

Librelato inova com a maior Célula de Solda Robotizada da América Latina

commentJornalismo access_time18/01/2022 13:32

A nova tecnologia permitirá a solda completa de um implemento em apenas 30 minutos, uma redução de 35% no tempo de produção do implemento

Covid-19: Nova Veneza inicia agendamento para vacinação das crianças

commentJornalismo access_time17/01/2022 13:51

Com a chegada de 80 doses, a aplicação será realizada por meio de agendamento