Notícias em destaque

"Turismo" em Brasília, esta audiência todos queriam

commentJornalismo access_time23/05/2018 22:22

Os prefeitos da região Sul se encontraram com o Ministro do Turismo,, nesta quarta-feira

Flamengo enfrenta o River Plate pela ponta do Grupo 4

commentEsporte access_time23/05/2018 16:00

Grêmio joga para virar brasileiro com mais vitórias na Libertadores

  Expectativa é que chegue de quatro a cinco reforços

commentCriciúma EC access_time23/05/2018 12:55

Com apenas um ponto no Brasileirão, o Criciúma liga o alerta e vai ao mercado

Dante Bragatto Neto

Sou Dante Bragatto Neto, tenho 57 anos, natural de Marilândia do Sul, no Paraná. Iniciei no ramo na rádio Ubá de Ivaiporã, no Paraná, em 1977, aos 17 anos, como apresentador e repórter esportivo. Depois, comecei a atuar como narrador e também comentarista. Em Santa Catarina, atuo desde 1984. Esta é minha terceira passagem pela Rádio Eldorado, para onde retornei em 2008, atuando hoje como apresentador e narrador esportivo.

Últimas postagens de Dante Bragatto Neto

Tigre no Ceará

access_time21/05/2018 14:22 personDante Bragatto Neto

Desde ontem, na capital cearense, o Criciúma faz o último trabalho, nesta segunda-feira, no apronto para enfrentar o líder da série B nacional. O jogo de amanhã, às 21:30 horas, na Arena Castelão, contra o Fortaleza, será o compromisso mais difícil, do Tigre, até agora. Mas é o tipo de jogo, que todo jogador inteligente e ambicioso, quer jogar. Certamente, este jogo deverá levar mais de 35 mil torcedores ao estádio. A torcida do Fortaleza já é forte e fanática, imaginem, agora, liderando o campeonato. É bronca, mas de vez em quando pinta uma zebra no futebol.

Escalação
Pelo jeito, veremos um Criciúma bem forte no seu sistema defensivo. Tudo levar a crer que o zagueiro, Cristian, será mesmo, o lateral direito. Como o técnico Mazola deve segurar, tudo o que pode, a sua linha de quatro, atrás, ele irá escalar seu time, com dois volantes, e dois meias. Ou seja, irá jogar com apenas dois atacantes, mas com dois meias. Com toda a preocupação defensiva, certamente o atacante, Zé Carlos, vai ficar no banco.

Não sofrer gol
É o que quer, o técnico do Tigre. Está correto, Mazola Júnior. Não sofrendo gol, ele sai de Fortaleza, com, no mínimo, um ponto, o que já estará muito bom, dentro do processo de recuperação do Tigre, no campeonato brasileiro, já que a lógica aponta para uma vitória do time cearense, em sua casa.

RASANTES

Existe a possibilidade de o Criciúma começar o jogo com três zagueiros. Mas, como treinou pouco, acho difícil que seja a opção do técnico.

Treinar formações e esquemas diferentes, é muito importante, pois hoje vemos bons times, variando sistemas, num mesmo jogo.

Time bom não fica preso a apenas um esquema de jogo. Muitas vezes, sem mudar nomes, vemos times alterarem completamente o sistema.

Claro que o Criciúma não vai mudar da noite para o dia. É preciso melhorar muito, mas, para isso, é preciso reforços e muito trabalho.

Com o time em Fortaleza, desde ontem, quem sabe, ainda hoje, a direção acerte de vez, com o bom atacante Luigi, que está no Ceará.

GOL DE PLACA: belo trabalho do técnico, Rogério Ceni, no Fortaleza, que, com um time sem estrelas, vem jogando bem e liderando a série B.

GOL CONTRA: Goiás, que mesmo sendo um clube rico, outra vez não consegue deslanchar na série B, com apenas 2 pontos, na zona de rebaixamento.

CT inaugurado

access_time18/05/2018 13:32 personDante Bragatto Neto

Em evento muito concorrido, e com a presença de muitas autoridades do município, do Estado, e do país, tivemos ontem a cerimônia de inauguração do seu Centro de Treinamentos. Um evento significativo, levando-se em conta, o que representa para o clube, aquela área, que serve, especialmente para a formação de jogadores, mas também para o time profissional fazer seus treinamentos, assim como para as meninas do futebol feminino. É uma estrutura espetacular, que poucos clubes no Brasil possuem. Uma pena que o momento do clube, com o futebol profissional, não é bom, pois, se fosse o contrário, seria um evento ainda de maior pompa.

Homenagem justíssima

Como já sabíamos, o Centro de Treinamentos do Tigre, ganhou o nome do ex-presidente, Antenor Angeloni, que, de todos os presentes, foi o mais aplaudido, no momento em que teve seu nome anunciado, assim como, quando o presidente, Jaime Dal Farra, anunciou que o CT a partir de hoje, passa a ser denominado de Centro de Treinamentos Antenor Angeloni. Foi muito feliz a direção do clube, ao prestar esta homenagem a esse homem que foi um grande presidente. O clube deve muito a ele.

Dentro de campo

Na próxima terça-feira, o Tigre volta a jogar pelo campeonato brasileiro, e irá enfrentar uma bronca, que será enfrentar o Fortaleza, do técnico, Rogério Ceni, que vai aparecendo como um forte candidato ao título da série B. Jogo que será na Arena Castelão, com grande público. Que tal uma zebra?

RASANTES

Perguntado se auxiliaria o presidente, Jaime Dal Farra, na condução do clube, neste momento difícil, Antenor Angeloni, disse que seu tempo passou.

Antenor Angeloni deve ter entendido que a pergunta dizia respeito à uma condição de ele ser diretor. Mas, penso que nada impede de ele ajudar de outra forma.

O fato é que o momento é complicado. Ninguém quer, nem dentro do clube, nem fora, que o Criciúma seja rebaixado.

Técnico, Mazola Júnior, deve estar no programa Eldorado Debate, nesta sexta-feira, na rádio Eldorado, em sua primeira participação em programas de rádio.

Envolvidos na tentativa de entrar no vestiário, e no caso envolvendo Zé Carlos, que teve o carro avariado, já foram identificados, e serão punidos.

GOL DE PLACA: homenagem prestada ao ex-presidente, Antenor Angeloni, com o CT do Tigre, tendo, a partir de agora, o seu nome.

GOL CONTRA: acesso ao CT do Criciúma, um pequeno trecho, sem asfalto, e em péssimas condições de trafego.

Tempo

access_time17/05/2018 13:12 personDante Bragatto Neto

O técnico, Mazola Júnior, que teve tempo para fazer apenas dois treinos, na preparação para o jogo contra o Juventude, agora tem um pouco mais de tranqüilidade, se é que isso é possível, para acertar o time que irá enfrentar o Fortaleza, na próxima terça-feira, na capital cearense. Imaginem, só, o tamanho do pepino, que será este jogo, contra o time que está jogando, talvez, o melhor futebol, nesta série B nacional. É preciso trabalhar muito para acertar a melhor escalação, e a melhor estratégia de jogo.

Problemas
O maior de todos os problemas, é a fase do time, que, em seis jogos, não conseguiu vencer um jogo, sequer. Mas essa situação gera outros vários problemas, que não são fáceis de resolver. É preciso trabalhar psicologicamente, a cabeça, o estado de espírito dos jogadores. Engana-se, quem pensa que não há pressão, ou que essa pressão é pequena. A bola está “queimando” os jogadores do Criciúma, que não querem nem ficar com a bola. O nervosismo está evidente.

Reforços
Claro que o técnico, Mazola Júnior, aguarda por reforços. Ele sabe, assim como sabia o profissional que lhe antecedeu, que faltam peças no tabuleiro, e falta mais qualidade. O clube procura estes reforços. O problema é onde achar, agora, em meio ao campeonato brasileiro, que, em todas as séries, está em andamento.

RASANTES

Sobre o triste episódio envolvendo o atacante, Zé Carlos, após o jogo, certamente o clube e/ou o jogador, com a polícia, trabalham para saber quem foi o autor.

A verdade é que se trata de um caso de polícia. Protesto que merece respeito, é o que foi feito com o silêncio das organizadas, durante o jogo.

Agressão com prejuízo material, e físico, se fosse o caso, é inaceitável. Poderia ter ocorrido uma tragédia. A polícia e o clube, precisam investigar, e punir.

Para o próximo jogo, contra o Fortaleza, poderemos ver dois “meninos” nas laterais, pois só tem Nathan, e Enzo, para as posições. Para não improvisar.

Ainda bem que o time vai jogar duas partidas seguidas fora de casa. Melhor assim.

GOL DE PLACA: sexta, sábado, e domingo, tem basquete do bom, na SATC, pelo campeonato estadual Sub-15 e Sub-17.

GOL CONTRA: destempero de D”Alessandro, contra o Flamengo, quando agrediu Lucas Paquetá, e no fim do Grenal, pode tirá-lo do Inter por 12 jogos.

Novo tropeço

access_time16/05/2018 12:45 personDante Bragatto Neto

De novo, na estreia do novo técnico, esperamos pela primeira vitória no campeonato brasileiro. E de novo, ela não veio. A coisa está mais do que complicada. Nada, nenhuma vírgula, na conta de Mazola Júnior. O técnico fez dois treinos, e não poderia fazer nada mais do que fez. Foi o jogo para o técnico fazer observações e tirar suas primeiras conclusões. Mas ele não tem tempo, não pode demorar, para mudar. E, por tudo o que vimos, ontem, que não foi nada de diferente, do que víamos com Argel Fucks, o comandante tricolor vai ter que promover mudanças profundas. O empate só serviu para somar o primeiro ponto, e sair do zero.

O jogo
Foi muito ruim. Criciúma e Juventude fizeram um jogo cheio de erros, com um futebol de baixa qualidade. Na verdade, o empate foi o resultado mais justo. O goleiro do Criciúma fez defesas bem mais difíceis do que o adversário. Mas, mesmo sem conseguir finalizar com acerto, o Criciúma teve mais posse de bola ofensiva. Muitos erros de passe, e muita desorganização. Impressionante como o time do Criciúma não consegue acertar um cruzamento, uma cobrança de falta, sequer.

Constatações
O certo é que, Zé Carlos, não tem condições, neste momento, de ser titular no time do Criciúma. Lento e sem força, não tem conseguido ajudar. Também está claro, que, Andrew e Nícolas, fazem jus à titularidade. Estes dois jogadores dão mais velocidade ao time. Outra constatação é que o time, além de suas limitações, é uma pilha de nervos. A bola “queima” os jogadores.

RASANTES

Melhores do Criciúma, pela ordem: Luiz, João Paulo, e Eduardo. O pior foi o atacante, Zé Carlos. Não fosse o goleiro do Tigre, o Juventude teria vencido.

Jogadores e torcedores, estão extremante nervosos. Ficou claro. Principalmente no triste episódio envolvendo o atacante, Zé Carlos.

Protestos são normais. Mas, jamais com agressão, como no caso em que atiraram uma pedra no carro de Zé Carlos, com seus filhos dentro.

E se a pedra, que quebrou um vidro do carro de Zé Carlos, atingisse um dos seus filhos? Como pai, eu entendo a reação do jogador.

Parabéns ao técnico, Mazola Júnior, pelo pronunciamento sóbrio, sobre a tentativa de invasão ao vestiário, e agressões após o jogo.

GOL DE PLACA: Avaí, do técnico, Geninho, que depois da vitória sobre o Figueirense, na casa do rival, goleou o CRB, em Maceió.

GOL CONTRA: qualquer tipo de agressão física, como o que ocorreu ontem, após o jogo, em uma situação que poderia terminar em tragédia.

Para iniciar a virada

access_time15/05/2018 12:53 personDante Bragatto Neto

Com estreia do novo técnico, o Criciúma joga em casa, hoje à noite, enfrentando o Juventude, em busca da primeira vitória na série B do campeonato brasileiro. Com azar, ou não, injustiça, ou não, o fato é que o Tigre não ganhou um ponto, sequer, nas cinco primeiras rodadas, e precisa reagir imediatamente, em busca de uma campanha que, pelo menos, o livre do rebaixamento, que, é no meu ponto de vista, o mais importante, já que entendo que, a nossa realidade, é a série B. O Juventude também enfrenta problemas, mas nós sabemos que a realidade aponta para um jogo muito difícil.

Escalação
Mazola Jr, opta por uma escalação mais “cuidadosa”. Vendo que a situação é complicada, e que o time tem sofrido muitos gols, o novo treinador escala três volantes, para começar o jogo contra o Juventude. Um volante especialista na marcação, que é Jean Mangabeira; Liel, que deverá jogar um pouco mais à frente, e com Eduardo, que sabe fazer o papel de volante/meia, podendo ser o parceiro de Alex Maranhão. Na defesa, a novidade é a volta de Nino, no lugar de Sandro, que está machucado, e no ataque, o retorno de Zé Carlos, com a saída de Maílson.

Homenageando a galera
Carvoeiros, paixão em amarelo, preto e branco. Este é o título do livro do repórter/narrador/apresentador, da rádio Eldorado, J. Eder, que será lançado no dia 04 de junho, homenageando a galera tricolor. Na foto, a capa do livro.

RASANTES

Dentro do que tem à disposição, concordo com a escalação proposta pelo técnico, Mazola Júnior, para o jogo de hoje, contra o Juventude.

Espero que, com esta escalação, os dois laterais do Tigre, produzam mais, ofensivamente, e que Zé Carlos jogue dentro da área adversária.

Zé Carlos é definidor. Pela sua idade, e condição física, não pode ficar correndo atrás dos adversários, ou voltando para buscar a bola.

Espero que o torcedor que for ao estádio, hoje, ofereça seu apoio ao time. A coisa está ruim, mas sem apoio, fica mais difícil.

GOL DE PLACA: Diego, jovem goleiro que se destacou na Copa São Paulo, está relacionado para o jogo desta noite, contra o Juventude.

GOL CONTRA: suborno no futebol da Paraíba, uma enorme sujeira que teria que terminar com a anulação do campeonato estadual e interdição da federação.

Novo técnico

access_time14/05/2018 22:22 personDante Bragatto Neto

Uiles Geraldo Gonçalves de Freitas Júnior, esse é o Mazola Júnior, que chegou na sexta-feira, à noite, conversou, acertou, e foi apresentado como novo técnico do Tigre, no final da tarde de sábado. Já treinou o time, ontem, e faz o treino apronto, para sua estréia, amanhã, contra o Juventude, no estádio Heriberto Hülse, na 6ª. rodada da série B do Brasileirão. Sua missão é virar o jogo, levar o time às vitórias, tirando o Criciúma da zona de rebaixamento o mais rápido possível. Acho boa a escolha, pois é um técnico acostumado à série B, e sai da mesmice.

Conhece o elenco
Mazola Júnior conhece a maioria dos jogadores com quem está trabalhando, no Criciúma. Vários jogadores já trabalharam com ele, e outros tantos, o enfrentaram. Isso é muito bom, juntamente com o fato de ele conhecer bem a série B do campeonato brasileiro. Mesmo tendo ele afirmado que trabalha com o grupo que o clube lhe oferecer, certamente irá indicar reforços, que aliás, são necessários.

Sem milagre
Para o jogo de amanhã, contra o Juventude, é evidente que não podemos esperar grandes mudanças. Nenhum técnico faz milagres. O homem acabou de chegar, e não é de um dia para outro, que se transforma um time. Temos que esperar, sim, muito mais dos jogadores, porque eles estão devendo, e muito.

RASANTES

O Criciúma tem que se virar e ganhar, amanhã, do Juventude, pois, na sequência, terá dois jogos fora, contra Fortaleza e Avaí.

Impressionante, a campanha do Tubarão, na série D nacional, com quatro jogos e quatro vitórias, já classificado para a segunda fase.

O Brusque também faz uma boa campanha na série D do Brasileirão, encaminhando sua classificação. O Inter de Lages também está na briga pela classificação.

Muita bobagem, coisas sem nexo, desrespeitosas, desde o anúncio do nome do novo técnico do Tigre, nas redes sociais, que às vezes, é mesmo uma latrina.

Por mais que eu goste de Fórmula Um, não tem como assistir as corridas, sem nenhum piloto brasileiro. Perdeu a graça.

GOL DE PLACA: primeira vitória da Chapecoense, na série A, e em cima do líder do campeonato, o Flamengo, saindo do Z4.

GOL CONTRA: imbróglio na justiça desportiva, que está paralisando a Copa Sul de Futebol Amador, impedindo a fase semifinal.

Sobrou para o Argel

access_time11/05/2018 16:36 personDante Bragatto Neto

Menos de 24 horas depois do término do jogo, com derrota para o Guarani, em Campinas, a primeira notícia que veio, era a que menos eu esperava. Na verdade, por tudo o que foi dito, após o jogo contra o Guarani, acho que ninguém esperava pela saída do técnico, Argel Fucks. Conversei com ele, logo após a decisão por sua saída, e ele me disse que conversaram, e que houve um acordo, por ele entender que este seria o melhor caminho. Na verdade, Argel estava muito chateado, triste, após o jogo em Campinas, e bastante desgastado, pois no futebol brasileiro é assim, técnico só sobrevive com vitórias. Agora resta torcer pelo técnico que irá assumir o Tigre.

Impotente
Argel Fucks estava se sentindo impotente. Chateado pela falta de retorno de alguns jogadores que ele indicou, e creio que, vendo as dificuldades financeiras para reforçar o elenco, à altura, acabou cedendo ao seu desejo de continuar, pelo menos até o próximo jogo, contra o Juventude, na próxima terça-feira. Argel é técnico de série A, tem mercado no futebol brasileiro, e uma situação como a que vinha enfrentando, também não é boa para ele. Futebol no Brasil é assim. Vida que segue, como me disse, Argel!

Contratações
Pelo menos até o momento em que fechei a coluna, não havia nenhuma novidade em relação à contratação de reforços. O que soubemos, sim, ainda em Campinas, é que os dirigentes estavam tentando trazer de volta, o zagueiro, Rafael Silva, e o centroavante, Lucão, ambos no Goiás. Mas acho difícil que isso se concretize.

RASANTES

Eu era contra a saída do técnico, Argel Fucks. Gostaria que ele continuasse aqui. Não deu, então passo a torcer muito pelo próximo treinador.

Será que apenas a troca de técnico irá promover a reabilitação do time do Criciúma? É a pergunta que se faz neste momento.

O elenco tem limitações. As dificuldades são grandes, financeiramente, para contratar reforços. Acho que o trabalho será para se manter na série B.

Pior é pensar nas dificuldades para o próximo jogo. Quem irá montar o time? Como será montado? Como será a resposta dos jogadores?

Sobre os protestos de torcedores, na chegada do time, no aeroporto, isso é normal, e temos que entender que eles estão no seu direito.

GOL DE PLACA: grande campanha do Palmeiras, e do Libertad, do Paraguai, na Taça Libertadores da América.

GOL CONTRA: situação vexatória para o esporte brasileiro, e muito grave, no caso de abuso sexual do técnico de ginástica, Fernando de Carvalho Lopes.

Em busca do acerto

access_time03/05/2018 16:08 personDante Bragatto Neto

O que estaria faltando para que o Criciúma acerte o passo, e vença no campeonato brasileiro da série B? Sabemos que o time precisa de reforços. Isto está claro, e o próprio técnico, Argel Fucks, já falou sobre isso, várias vezes. No entanto, no futebol, é um conjunto de coisas, que faz que tudo possa funcionar a contento. O que nos resta, é torcer para que venha a primeira vitória, na próxima terça-feira, em Campinas, diante do Guarani, e que a partir daí, as coisas passem a funcionar, como tem que ser. Parece difícil, ou muito difícil, acreditar em vitória no próximo jogo. Mas, é o que nos resta.

Mudanças
Sem Marlon, e Zé Carlos, expulsos no jogo contra o CSA, o técnico, Argel Fucks, terá que mudar o time, para o confronto contra o Guarani. Mas, parece claro que, só mudar a escalação, não vai resolver. É preciso mudar o esquema de jogo, e é preciso trabalhar a cabeça dos jogadores. O time precisa reagir, os jogadores precisam ter atitude, para dar o respaldo que o técnico precisa, para arrumar a casa. O Tigre vai a Campinas, semana que vem, com total favoritismo do adversário.

Reforços
Quando o Executivo de Futebol do Tigre fala sobre reforços, enfatiza que não está fácil contratar. Mas a necessidade existe. O elenco necessita ser reforçado. Só que não adianta contratar por contratar. O Criciúma precisa de jogadores que venham, vistam a camisa titular, e resolvam a parada.

RASANTES

Na lateral esquerda, no lugar de Marlon, para o próximo jogo, não pode haver qualquer dúvida, pois Enzo, que veio dos Juniores, é o substituto natural.

Enzo fez uma grande Copa São Paulo de Juniores. É um lateral que marca razoavelmente bem, e é muito bom quando avança para o ataque.

Quem deve ter ganhado a posição de titular, é o volante, Eduardo. O próprio técnico, Argel Fucks, falou que descobriu o segundo volante do seu time.

Que a situação é difícil, todos sabemos. Mas, no clube, todos tem que ter a cabeça no lugar. Mais do que nunca, errar não é permitido.

Uma escalação mais cuidadosa, um time mais defensivo, penso eu, seria o ideal, para o jogo contra o Guarani, em Campinas.

GOL DE PLACA: jogos da Champions têm sido de tirar o fôlego, como ontem, quando a Roma quase fez, de novo, aquilo que se considerava impossível.

GOL CONTRA: preocupação com a arbitragem, com muitos equívocos nas primeiras rodadas do campeonato brasileiro.

Dificuldades

access_time30/04/2018 14:15 personDante Bragatto Neto

Mais um início ruim para o Criciúma, no campeonato brasileiro. Mesmo entendendo que o técnico, Argel Fucks, tem razão, quando afirma que o importante é como termina, e não como começa, também entendo o sofrimento e a preocupação do torcedor. Aliás, todos os envolvidos com o Tigre, sofrem e se preocupam. Ou alguém imagina que o presidente, e outros dirigentes do clube, não sofrem com as derrotas? Claro que ninguém fica bem, quando o time não vai bem, especialmente quem coloca seu dinheiro, no clube. Como foram apenas três rodadas, é início de campeonato, ainda, dá tempo para reverter. Só não pode seguir prorrogando. É preciso vencer.

Perguntas
É interessante, como o Criciúma perdeu seus três jogos até agora, nesse campeonato brasileiro. Claro que a soma dos fatores, prova que houve incompetência. Até porque, ninguém perde por azar, e todos têm azar e sorte, no futebol. Muitos torcedores, com raiva, com o sentimento ferido, já acham que o time é ruim. Então eu questiono o seguinte: e os outros, são bons? Estão muito acima do Criciúma? Atlético (GO), Ponte Preta, e Coritiba, que venceram, são superiores ao Criciúma? Pergunto também, como o Criciúma perdeu para esses três?

Respostas
Contra o Atlético, depois de largar na frente, o Tigre sofreu três gols em três falhas individuais, de dois bons jogadores, Andrew, e Luis. Contra a Ponte Preta, jogou muito mal no primeiro tempo, e pressionou todo o segundo tempo. E diante do Coritiba, duas falhas individuais nos gols que sofreu, sendo superior o jogo todo, com o goleiro paranaense fechando o gol. Nenhum dos três vencedores foi superior ao Tigre.

RASANTES

Futebol é assim, quando a fase não é boa, quando a sorte só ajuda o adversário, dá tudo errado. O Tigre precisa de reforços, mas não está abaixo dos demais.

O futebol da série B, é de muito equilíbrio. A maioria dos clubes chora a questão financeira. Ninguém, mais, quer fazer loucuras. Nem pode fazer.

O Criciúma tem um bom técnico, e tem bons jogadores. Se contratar certo, sem erros, três, ou quatro, bons reforços, para o meio e ataque, vai brigar para subir.

O que não pode acontecer é sucumbir diante das críticas, trocar de técnico toda hora, e errar demais nas contratações.

O futebol que o time jogou contra o Coritiba, tirando o absurdo dos erros individuais, me faz pensar que pode vir coisa boa, pela frente.

GOL DE PLACA: boa fase de Roger Guedes, marcando gols importantes e decisivos, no Atlético Mineiro.

GOL CONTRA: Paraná segue sentindo o peso de jogar a série A, e já é, apesar de ser apenas início de campeonato, forte candidato ao rebaixamento.

Dificuldades

access_time26/04/2018 15:14 personDante Bragatto Neto

Ouvindo uma entrevista do técnico do Fortaleza, Rogério Ceni, ele, como outros profissionais de clubes da série B, falou das dificuldades financeiras do clube, para contratar jogadores para o campeonato brasileiro. Este é um problema de quase todos. O futebol está muito caro, e a responsabilidade de quem comanda o clube, é grande. Não é só o Criciúma que enfrenta esse problema. A maioria dos clubes do futebol brasileiro, especialmente, aqueles que não fazem parte da elite nacional, estão com limites para contratar. Para o torcedor é fácil, ou pode parecer que é fácil. Mas não é assim. Quem comanda, responde pelos seus atos. É muito complicado.

Errar o mínimo
Aí, irão me questionar: mas como o Fortaleza tem limites financeiros, enfrenta dificuldades, e seu time é líder da série B nacional, com 100% de aproveitamento? Pois é, claro que cabe o questionamento. A questão é saber contratar, como também conta um pouco de sorte. Rogério Ceni, por exemplo, fala dos problemas financeiros do clube em que trabalha, mas elogia muito o seu elenco, afirmando que há limitações, mas que o grupo está fechado e compenetrado. Claro que, também é preciso o dedo do técnico. É ele quem organiza o seu time.

Tigre
No treino da tarde de ontem, o técnico, Argel Fucks, montou um time que ninguém esperava, só com um volante (Liel), um meia (Elvis), e quatro atacantes, Nícolas, João Paulo, Andrew, e Lucas Coelho. Claro que não significa que esta formação é que irá começar o jogo, pois tem treino na manhã de hoje. Mas, ficou meio “esquisito”, embaralhando a cabeça de todos. Vamos ver, hoje, no apronto, antes da viagem.

RASANTES

Eu gostaria de ver o Criciúma, em Curitiba, com dois volantes e dois meias, ou até mesmo, com um quinteto no setor de meio campo, e apenas um atacante.

Penso que o técnico tricolor esteja tentando uma formação tático/técnica, analisando como joga o Coritiba, o adversário de amanhã.

De qualquer forma, o Criciúma precisa se cercar de todos os cuidados, para não perder o terceiro jogo seguido, como ocorreu no ano passado.

No Coritiba, mesmo sem escancarar, eles pensam nesse jogo contra o Criciúma, como jogo para somar três pontos. Cabe ao Tigre, trabalhar para surpreender.

É tudo meio igual nesta série B do campeonato brasileiro. Leva vantagem quem está bem organizado, e bem fisicamente.

GOL DE PLACA: o início de carreira do ex-goleiro, Rogério Ceni, como técnico, pois em pouco tempo, já vai fazendo bonito no comando do Fortaleza, líder da série B.

GOL CONTRA: lesão do goleiro do Botafogo, Gatito Fernandes, que vinha fechando o gol, e que vai ficar fora do time por, no mínimo, um mês.

Série A

access_time24/04/2018 09:51 personDante Bragatto Neto

A surpresa positiva, neste início de série A do campeonato brasileiro, é o Atlético (PR), que estreou goleando, em casa, a Chapecoense, e na segunda rodada, empatou com o Grêmio, em Porto Alegre. O time paranaense se dá ao luxo de poupar seus titulares, no campeonato paranaense, onde foi campeão este ano, e faz uma preparação especial para o Brasileirão. O Grêmio, que é um dos favoritos ao título Brasileiro, sentiu na pele, como é difícil enfrentar o Atlético . Claro que é início, ainda, de campeonato, mas a primeira impressão dos paranaenses, é muito positiva.

Série B
A salvação da lavoura, para nós de Santa Catarina, na série B, até agora, está sendo o Figueirense. O Avaí perdeu fora, e empatou em casa. O Criciúma perdeu as duas, e o Figueirense ganhou as duas. O fato é que, já esperávamos que o Figueirense arrancasse melhor, pois montou um bom time, e iniciou o Brasileirão embalado pela conquista do estadual. Tanto Avaí, como o Criciúma, pelo que mostraram nas duas primeiras rodadas, precisam de reforços, para melhorar.

Séries C e D
O Joinville, que estreou vencendo, em casa, na série C, acabou levando uma chinelada, na segunda rodada, dando a impressão que tem que melhorar, para brigar pelo acesso. Na série D, só o Tubarão, estreou com vitória, em um grupo muito difícil. Vejo o Tubarão em condições de brigar pelo acesso.

RASANTES

Nem imagino como será a formação do time do Criciúma, para o jogo contra o Coritiba, sexta-feira, no Paraná. Mas é preciso melhorar, e muito.

Tenho lido e ouvido, críticas ao técnico, Argel Fucks, mas, independente de equívocos que possa ter cometido, a verdade é que ele precisa de ajuda.

A ajuda que o técnico do Tigre precisa, é de mais material humano, de qualidade, é claro. Reforços, para o meio de campo, especialmente.

O time do Criciúma tem sérios problemas no seu meio de campo, onde eu também entendo que é preciso mais um homem no setor, tirando alguém da frente.

Se o meio de campo do Tigre já tinha problemas, com Douglas Moreira, sem ele, ficou bem pior. Não tem como pensar em melhora, sem reposição à altura.

GOL DE PLACA: Tubarão, organizado e bem comandado, dentro e fora de campo, projetando campanha vitoriosa na série D, com possibilidades de acesso.

GOL CONTRA: início ruim do poderoso Cruzeiro, na série A, com duas derrotas em seus dois jogos.

Início ruim

access_time23/04/2018 14:22 personDante Bragatto Neto

Não está sendo nada bom, o início de campeonato brasileiro, para o Criciúma. Derrota com muitos erros individuais, em Goiânia, para o Atlético, e derrota, em casa, no sábado, para a Ponte Preta, com um primeiro tempo horrível. Claro que é preciso levar em conta, a falta que fez, o meio campista, Douglas Moreira, que foi para o Fluminense, além das ausências de João Paulo e Zé Carlos. Mas, de qualquer maneira, a atuação do time, no primeiro tempo, foi comprometedora, e se a Ponte Preta tivesse mais qualidade, teria feito dois ou três a zero. É preciso reagir, mas tem que melhorar muito.

O jogo
A Ponte Preta começou o jogo tomando a iniciativa, com marcação alta, e mandando no jogo. Logo nos primeiros minutos, ficava evidente que o gol do time paulista, era uma questão de minutos. Foi o que aconteceu. Antes de marcar seu gol, a Ponte Preta já tinha tido chance clara para marcar. Só no segundo tempo, é que o Criciúma conseguiu jogar. Mesmo com os equívocos do técnico, Argel Fucks, colocando Jean Mangabeira, no lugar de Barreto, que se machucou, e tirando do time, o atacante, Nícolas.

Outra pedreira
Próximo jogo do Tigre, será na sexta-feira, na capital paranaense, contra o Coritiba. Como imaginar que o Criciúma consiga vencer, vindo de duas derrotas, em duas rodadas? Essa é uma missão para o técnico, Argel Fucks. Mas, convém ressaltar, que o elenco necessita de reforços de qualidade. E o grande pepino está no meio de campo.

RASANTES

Vi matéria na TV Globo, sobre o desaparecimento dos centroavantes. Dois “crimes” cometidos no nosso futebol: acabaram com o centroavante, e com os pontas.

Técnico, Wanderley Luxemburgo, disse que o futebol evoluiu no mundo, e que por isso, sumiram os centroavantes e os pontas.

Como seria, hoje, o nosso futebol, se, ao contrário do que ocorre no mundo, o futebol brasileiro persistisse com o centroavante, e com os pontas?

Os outros corriam atrás da gente. Invertemos os papéis, e passamos a correr atrás dos outros. “Castraram” a arte e a magia do futebol brasileiro.

Tanto no futebol, como no futebol de salão, hoje chamado de futsal, não somos nem sombra do que éramos no passado.

GOL DE PLACA: Figueirense, campeão catarinense, com grande arrancada na série B do campeonato brasileiro.

GOL CONTRA: início ruim do Criciúma, no Brasileirão, fazendo ligar o alerta, pois ainda é início, e dá tempo para qualificar. Se demorar, complica!

Desfalques

access_time19/04/2018 14:31 personDante Bragatto Neto

Sem Fábio Ferreira, e Zé Carlos, machucados, e sem Douglas Moreira, negociado com o Fluminense, o técnico, Argel Fucks, tem que se virar para buscar a melhor formação, para o jogo de sábado, contra a Ponte Preta, no Heriberto Hülse. Como o técnico é adepto de um esquema com três atacantes, a tendência é que ele escale Nícolas, ex-Caxias, e que entrou bem, em Goiânia, na derrota para o Atlético, por 3 a 2. Nícolas pode jogar centralizado, ou pela beirada, na direita, com João Paulo como “centroavante”. No meio, podem aparecer os volantes, Liel e Barreto.

É preciso vencer
O campeonato está apenas começando. Mas, um novo tropeço, a gente sabe, muito bem, que deixará o torcedor frustrado, e muita gente na bronca. O Criciúma precisa vencer a Ponte Preta. É o que sempre batemos, de se fazer forte quando joga em casa. Não sei se o Criciúma tem mais time, que a Ponte Preta, mas o jogo é aqui, e na série B, sabemos que o mandante tem que dar as cartas. Se faltar qualidade e técnica, que o fator casa faça com que a força supere as dificuldades.

Ataque
Se Nícolas for mesmo, titular, deve jogar centralizado, porque não acredito que o técnico, Argel Fucks, mexa no posicionamento de João Paulo e Mailson. Mas, além de poder usar Nícolas, pela beirada, ou revezando com João Paulo, ele pode também jogar com dois volantes e dois meias, fazendo o ataque só com João Paulo e Mailson.

RASANTES

Barreto está voltando ao time. É, sim, bom jogador, só que não vinha bem, sem força física. O que esperamos é ver o “velho” Barreto.

Sobre a saída de Jean Mangabeira, creio que esteja ocorrendo, para a entrada de um volante que saia mais para o jogo. Vamos ver se Liel tem essa condição.

Com a ida de Douglas Moreira, para o Fluminense, o clube carioca deve mandar um ou dois jogadores para o Criciúma. Sem pistas, sobre quem viria.

Direção do Criciúma está apostando no sucesso dos planos de sócios empresariais, onde a mensalidade é de R$ 49,90 e R$ 59,90. Bem mais em conta.

Com o novo plano de sócios, empresários podem trabalhar no relacionamento com clientes, e associando seus funcionários.

GOL DE PLACA: plano empresarial, que certamente deverá fazer crescer muito, o quadro de sócios do Criciúma.

GOL CONTRA: a falta de coragem para mudar, ou o “vício” do poder, por parte dos clubes e federações, na recente eleição da CBF.

Brasileirão

access_time17/04/2018 14:53 personDante Bragatto Neto

Nada de mais surpreendente, na primeira rodada, nas séries A e B do campeonato brasileiro. Na série B, o resultado que surpreendeu, foi a derrota da Ponte Preta, em casa, para o Paysandu. E ainda teve o empate do Brasil, com o São Bento, em Pelotas, mas, pelo que vimos do Brasil, nas finais do campeonato gaúcho, não se pode considerar o resultado como zebra. Na série A, sem considerar os jogos de ontem a noite, o que surpreendeu, foi a vitória do América (MG), por 3 a 0, contra o Sport, não pela vitória, mas, pelo placar. Assim como, a goleada sofrida pela Chapecoense, diante do Atlético, em Curitiba.

Força em casa
O Criciúma precisa ser muito forte em casa. Jogando bem ou mal, o time tem que vencer em casa. Claro que não vai conseguir ganhar todas, mas precisa mandar no seu terreno, e vencer a maioria dos jogos no Heriberto Hülse. É o que esperamos no jogo de sábado, às 19 horas, contra a Ponte Preta. Jogo difícil, ainda mais que a Macaca perdeu em casa, na estréia. Mas é preciso vencer. Se o torcedor estiver com o time, fica menos difícil. Em casa, com o torcedor a fim de jogo, qualquer adversário sofre.

Reforços
Para conseguir o acesso à série A, o Tigre precisa se reforçar. Os problemas estão no meio de campo, onde está faltando marcação e criação. Vieram dois volantes, Liel e Leandro Melo, mas é fundamental a contratação de um meia armador, e um meia atacante. O setor precisa de qualidade e velocidade.

RASANTES

Técnico, Gilson Kleina, da Chapecoense, precisa rever seus conceitos, pois o time que quase não sofria gols, de repente se abriu, e está sofrendo muitos gols.

Após perder o título do estadual, em casa, colegas de imprensa de Chapecó, alertaram a respeito da mudança no jeito de jogar, da Chape.

Em hipótese alguma, a Chapecoense, poderia perder de cinco para o Atlético (PR). Está claro que “casinha” está muito aberta.

Mesmo que tenha sido com falhas individuais, de Andrew e Luis, o Criciúma também não pode sofrer três gols do Atlético (GO).

Uma boa defesa, no futebol de hoje, é fundamental. Primeiro é preciso acertar a “cozinha”. Depois encaixar as peças, para ter força também no ataque.

GOL DE PLACA: a presença de vários ex-jogadores do Criciúma, e o sucesso na venda das novas camisas, no Tigre Festival, evento do último final de semana.

GOL CONTRA: fase ruim da Chapecoense, com derrota, em casa, na decisão do estadual, e goleada sofrida na estréia pelo Brasileirão.

O difícil caminho

access_time12/04/2018 14:44 personDante Bragatto Neto

Amanhã é dia de estreia do Tigre na série B do campeonato brasileiro. De novo, o sonho do acesso. De novo, a esperança do torcedor, de ver o seu Criciúma, jogando contra os maiores clubes do futebol nacional. É legal esta expectativa, pois o futebol tem graça, por causa disso. É no futebol que vemos todo tipo de sentimento. Se vai, do amor, ao ódio, em segundos. Será, certamente, um caminho árduo, difícil, e só os times bem treinados, bem organizados, chegarão na frente, entre os quatro que irão assegurar a vaga na série A de 2019. É evidente que precisa qualidade, mas só isso não serve, se não tiver organização e for bem treinado, técnica e fisicamente.

Exemplo
Lembram da série B do Brasileirão, de 2016, quando o Atlético (GO) foi o campeão? Pois é, aquele time do Atlético, não tinha nenhuma estrela do futebol. Era um time simples, barato, mas bem treinado, muito organizado, e por isso se transformou na grande surpresa do campeonato, com uma campanha impecável, desde a primeira rodada. Bem treinado e organizado, é o que espero do Criciúma, que tem um técnico qualificado, e que sabe trabalhar, também, como poucos, o lado motivacional dos jogadores.

Não está entre os favoritos
Assim, como o Atlético (GO), em 2016, hoje, o Criciúma não figura entre os favoritos a uma das quatro vagas para a série A do ano que vem. A mídia destaca outros clubes. Melhor assim, pois, como costuma afirmar o técnico tricolor, Argel Fucks, “não importa como começa, e sim, como termina”.

RASANTES

O futebol da Liga dos Campeões é um negócio fantástico. Depois da virada “milagrosa”, da Roma, a Juventus venceu, e deu um susto no Real Madrid.

Faltou pouco, para o Real Madrid, ficar fora das semifinais da Liga dos Campeões. É assim, futebol de gente grande, onde tudo pode acontecer.

O fato de o Criciúma jogar com três atacantes, não quer dizer que todos os três sejam só atacantes. Mas, é preciso muito preparo físico para ir e vir.

Neste esquema que vem sendo empregado por Argel Fucks, tanto Mailson, como João Paulo, voltam para marcar, o tempo todo, e isto causa enorme desgaste físico.

Entendo que o técnico de futebol tem que brigar por suas convicções, até porque não pode ficar mudando toda hora. E quem quer vencer, tem que suar a camisa.

GOL DE PLACA: Chapecoense segue recebendo carinho e solidariedade, fora do país. A Juventus oficializou convite para um amistoso, em Turim, na Itália.

GOL CONTRA: com dez clubes na elite estadual, o campeonato de Juniores começa no sábado, com apenas seis equipes. Sem exigência, quatro não se inscreveram.