Notícias em destaque

Melhora o quadro da Covid-19 em Santa Catarina

commentJornalismo access_time26/09/2021 20:45

Pela primeira vez o mapa de Santa Catarina fica sem uma única região em "vermelho"

Caravaggio luta bastante, mas perde na estreia da Série C

commentEsporte access_time25/09/2021 17:00

Próximo compromisso será contra o Jaraguá no Balsinão

Tigre perde, mas entra no grupo de Paysandu, Botafogo-PB e Ituano

commentCriciúma EC access_time25/09/2021 19:00

O Time Carvoeiro não conseguiu pontuar diante do Figueirense na capital

Leitura de domingo: CENTRO DE EVENTOS E LAZER PARA O SUL

Realizador dos maiores eventos do turismo de negócios no Sul do Estado, Willi Backes escreve sobre investimentos em centro de evento

comment Jornalismo access_time16/09/2018 - 07:00

Reportagem: Jornalismo / Rádio Eldorado

Estou na lida de organizar eventos culturais e comerciais, sempre com grupo de profissionais afim, a décadas. Inicialmente como inserção em projetos mercadológicos globais, depois, como projetos específicos.

A Nossacasa fundada em 13 de Maio de 1985, portanto a mais de 33 anos, participou da organização e realização de mais de 120 eventos de médio e grande porte, considerando os similares realizados no sul e no Estado de Santa Catarina. No período foram e estão catalogados mais de 6 mil clientes – empresas, organizações e entidades – expositores. Estes mesmos eventos, recepcionaram mais de 2,5 milhões de visitantes.

Em cada uma destas ações promocionais, foi juntado e aprendido algo novo ou consolidado um conceito.

Depois do uso de inúmeros espaços adaptados, ousamos em promover no ano de 2001, eventos no antigo pavilhão da cerâmica Cecrisa. Lá nos aconchegamos com remendos por 3 anos. Nos anos 2004/2005, transportamos nossos sonhos empresariais para os pavilhões da cerâmica Eliane, no bairro São Luiz.

Em Dezembro de 2005, o Governador Luiz Henrique da Silveira em parceria com a Prefeitura de Criciúma sob gestão do Dr. Anderlei Antonelli, lançou edital para construção do Pavilhão de Exposições José Ijair Conti. A obra foi iniciada em março e em tempo recorde de 105 dias foi finalizada. Foi inaugurada em ato público em 30 de Junho de 2006.

Enquanto era construída o pavilhão, garantida no prazo de entrega pelos competentes e corretos Engenharia Castanhel (Édio e Carlos Castanhel) e Fecel Engenharia (Luiz Fernando Freta e Cia), estávamos na rua captando e organizando edição da FEIVER Feira do Vestuário Moda Verão, e que foi o primeiro evento ali realizado, em 15 de julho daquele ano.

O Parque Centenário, além do maravilhoso Paço Municipal, possui dois outros equipamentos importantes. O Teatro Municipal Elias Angeloni e Ginásio de Esportes Professor Valmir Orsi. O que foi batizado de Centro de Eventos Maximiliano Gaidzinski – Teatro, Ginásio e Pavilhão – na correta interpretação, jamais foi finalizada. Pouco foi adicionado após a inauguração do Pavilhão quanto aos equipamentos internos, urbanização, sinalização e manutenção. Nunca foi um centro de eventos, mas, sim, um pavilhão de exposições, entre os maiores do Estado.

A imprevidência permitiu doação de áreas do estacionamento, utilizadas (OAB) e outras devolvidas (MPF). Restou constrangimentos para as partes. E mais a considerar, se as áreas privadas paralelas ao pavilhão de exposições, por uma ou outra razão tiver destino que não seja para o estacionamento de veículos nos grandes eventos, o pavilhão estará inviabilizado, restará apenas para realização de pequenos e médios eventos.

É pauta repetida que há necessidade de estudo e elaboração de projeto para sugestão e proposição para o desenvolvimento econômico do sul catarinense. Bons e organizados eventos comerciais e promocionais, são porta de entrada e caixa de ressonância cultural e vitrine para reprodução econômica.

Criciúma tem oportunidade visível, antônimo de risível e certamente possível para edificar espaço que recepcione e aloje equipamento (s) que projete uso e usufruto no mínimo para os próximos 50 anos.

Entre a recém inaugurada “Via Rápida” e a Rodovia Luiz Rosso, ainda existem extensas áreas, pouco habitadas, naquilo que pode ser considerado cinturão verde de Criciúma. Quanto mais próximo à BR 101, melhor. Áreas planas, poucas elevações, solo com hídrico disponível. Áreas que são centro geográfico da AMREC, fácil acesso dos municípios da AMESC e AMUREL, dos usuários e transeuntes da BR 101, próximo a muitas lagoas e importantes praias urbanizadas.

Tudo recomenda para que ali seja implantado um parque com áreas verdes – bosques, lagos, modelo Mampituba – pavilhões com estrutura para promoção de exposições, feiras e shows culturais, casas para serviços gastronômicos, casas para serviços de entidades setoriais, estacionamentos amplos e urbanizados.

Bons exemplos destes completos equipamentos abundam, basta pesquisar. Da mesma forma, recursos para tal empreendimento existem, fundamental é ter conceito definido e projeto elaborado. Navegar em sonhos não é proibido. Essa mesma estrutura de apoio, para o lazer, segurança e estacionamentos, poderá em futuro próximo ser utilizado se junto ao este complexo for edificado o necessário novo estádio de futebol profissional do sul catarinense.

Resumindo: quando se falar, tratar e edificar equipamento para aglomeração simultânea de milhares de usuários, o prioritário é considerar a facilidade do acesso, a segurança no trajeto e permanência, no conforto e qualidade na recepção e alojamento dos visitantes e clientes. E mais, que essa edificação preveja durabilidade por décadas.

Foto: AgroPonte Agosto 2018 – Pavilhão de Exposições.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Jornalismo

Melhora o quadro da Covid-19 em Santa Catarina

commentJornalismo access_time26/09/2021 20:45

Pela primeira vez o mapa de Santa Catarina fica sem uma única região em "vermelho"

Maior feira de arquitetura e construção no Estado começa montagem da estrutura

commentJornalismo access_time26/09/2021 08:20

Casa Pronta chega à 18ª edição com regras de acesso modificadas em virtude da Covid-19, mas revela ansiedade do mercado em retomar a atividade

Prefeitura fará leilão de máquinas e automóveis

commentJornalismo access_time25/09/2021 15:33

Depois de Içara, agora é Criciúma que limpa o pátio com a sucata que será substituída por veículos novos

Conscientização e prevenção no dia mundial de combate à raiva

commentJornalismo access_time25/09/2021 08:33

Ações são realizadas no Jardim Las Vegas, distrito de Rio Maina em Criciúma, com oferta de vacinas, vermifugação, castração, doação de mudas e doação de ração

HSJosé participa das ações da Semana ODS na Prática

commentJornalismo access_time25/09/2021 03:33

Ação especial será realizada neste sábado, das 9h às 11h, na Praça Nereu Ramos