Notícias em destaque

Criciúma completa um mês sem mortes pela Covid-19

commentJornalismo access_time17/05/2022 18:33

Secretaria de Saúde reforça a importância da vacina na proteção da população

Mampituba emplaca mais duas atletas em seleção brasileira, agora de basquete

commentEsporte access_time13/05/2022 18:00

Maria Clara Lourenço e Paula Bernardo Carvalho irão participar dos treinos visando a AmeriCup em Buenos Aires.

Tigre faz 3 x 0 no CRB e sobe na tabela

commentCriciúma EC access_time14/05/2022 14:52

Vitória deste sábado pela manhã encerrou o clima de festa que iniciou na véspera com a comemoração dos 75 anos do clube

Troféu Maximiliano Gaidzinski retorna ao clube

O torcedor poderá ver uma réplica da taça na Sala de Troféus Décio Bianchini Góes

comment Criciúma EC access_time21/12/2021 - 07:30

Reportagem: Criciúma / Foto: Celso da Luz/ Assessoria de imprensa Criciúma E.C.

O Criciúma recebeu na última semana uma de suas taças mais emblemáticas. O troféu Maximiliano Gaidzinski, com as suas 800 gramas de ouro maciço, conquistado pelo Tigre no tricampeonato Catarinense de 1989, 1990 e 1991, estava guardado em local seguro sob a gestão da Eliane e retornou ao clube entregue pelas mãos de membros da família Gaidzinski ao presidente Anselmo Freitas o vice-presidente Alexandre Farias e diretores presentes.

“Desde a conquista do tricampeonato, a pedido do clube, a família Gaidzinski guardou e cuidou desta importante taça que conta um pouco da nossa história. Esse dia ficou marcado não apenas pelo retorno do troféu, mas também pelo ato de gratidão. E por todo esse valor financeiro e sentimental, decidimos que seguisse para o cofre de um dos bancos da cidade, onde permanecerá seguro”, ressaltou Anselmo Freitas.

Em 1991 o troféu Maximiliano Gaidzinski foi entregue em definitivo ao Criciúma, já que o clube que conquistasse o primeiro tricampeonato consecutivo ou que vencesse cinco campeonatos alternados ficaria com a taça.

O visionário empreendedor Maximiliano Gaidzinski construiu um legado de sucesso, o troféu com seu nome é uma homenagem a sua história. Torcedor apaixonado do Tigre, por diversas vezes a Cerâmica Eliane, empresa que ele fundou, foi patrocinadora do Criciúma.

O torcedor poderá ver uma réplica da taça na Sala de Troféus Décio Bianchini Góes, anexo na Loja Tigre Maníacos, no estádio Heriberto Hülse.

content_copyAssuntos relacionados

Mais notícias de Criciúma EC

Tigre faz 3 x 0 no CRB e sobe na tabela

commentCriciúma EC access_time14/05/2022 14:52

Vitória deste sábado pela manhã encerrou o clima de festa que iniciou na véspera com a comemoração dos 75 anos do clube

Tigre perde de 2 a 0 para o Operário em Ponta Grossa

commentCriciúma EC access_time07/05/2022 18:12

Desempenho do time foi decepcionante

Tigre joga no interior do Paraná neste sábado

commentCriciúma EC access_time07/05/2022 08:20

Se vencer o Operário fora de casa mira a metade de cima da tabela, se empatar ou perder se coloca no grupo oposto

Tigre conhece os seis primeiros jogos na Série B

commentCriciúma EC access_time30/03/2022 10:30

CBF detalha primeiras rodadas da competição