Notícias em destaque

  "Hospitais serão avaliados conforme produção", diz governador

commentJornalismo access_time24/05/2019 11:27

Carlos Moisés da Silva afirma que cortes na pasta da Secretaria de Estado da Saúde serão feitos de acordo com desempenho das instituições

Nadounesc conquista primeiros resultados competitivos

commentEsporte access_time24/05/2019 16:00

Resultados gerais na Competição Novos Talentos da Natação – Troféu Casa Guido garantiram primeiro e segundo lugar no pódio da categoria Não Federados

Criciúma trabalha a parte técnica no gramado do CT

commentCriciúma EC access_time24/05/2019 09:55

Tigre terá mais uma semana de treinamentos para encarar o Botafogo-SP

Blog André Abreu

Julian Assange pede novamente cancelamento de mandado de prisão

 personAndré Abreu
access_time13/02/2018 - 10:34

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, busca novamente, depois de uma negativa na semana passada, o cancelamento do mandado de prisão britânico, com o objetivo de deixar a embaixada do Equador em Londres. Assange está refugiado na embaixada desde 2012, evitando um mandado de prisão europeu e a extradição para a Suécia devido a uma investigação de alegações de assédio sexual e estupro.

A Suécia arquivou sua investigação ano passado, mas o mandado de prisão britânico continua em vigor após a decisão pela manutenção pela juíza Emma Arbuthnot na semana passada na Corte de Westminster. Os advogados de Assange tentam uma nova investida.

Merkel acerta coalizão para manter governo

 personAndré Abreu
access_time07/02/2018 - 12:27

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou nesta quarta-feira (7) a formação de um governo de coalizão com o Partido Social-Democrata (SPD), após quatro meses da eleição que a reconduziu ao poder da maior economia da Europa. A decisão ainda precisará ser aprovada pelos membros do SPD.
Para manter-se à frente da Alemanha, a chanceler Merkel teve que ceder dois dos ministérios mais importantes, Finanças e Relações Exteriores, para o SPD e o Ministério do Interior para o CSU (União Socialista Cristã).
A chanceler é do CDU, Partido Democrata Cristão e com o acordo se tornará a líder que governará por mais tempo na Europa na atualidade: 12 anos. Concorrente nas eleições passaas, Martin Schulz, presidente do SPD, se tornará ministro das Relações Exteriores

Parlamento da Catalunha adia sessão de votação do Presidente

 personAndré Abreu
access_time30/01/2018 - 11:13

O Parlamento catalão adiou a sessão de votação do presidente. O único candidato até o momento é o ex-presidente Carles Puigdemont, que está exilado em Bruxelas. Como Carles Puigdemont tem um mandato de prisão em aberto e a medida cautelar do Tribunal Constitucional exige a presença física com autorização judicial para posse, a sessão foi adiada.
Enquanto isso o Tribunal Constitucional está julgando o recurso do governo em Madri.

Semana decisiva na Espanha com eleição de novo presidente da Catalunha

 personAndré Abreu
access_time29/01/2018 - 14:21

Ouça no comentário de André Abreu.

Merkel busca formar coalizão para sobreviver

 personAndré Abreu
access_time16/01/2018 - 11:12

Desde as eleições de setembro do ano passado, a chanceler Angela Merkel busca formar uma maioria no Parlamento alemão para garantir seu quarto mandato. Na última sexta (12) Merkel selou um acordo com o presidente dos Sociais Democratas, Martin Shulz. Os próximos passos agora serão a consulta aos membros do partido para aprovação ou não da coalizão Merkel/Sociais Democratas.
Shulz concorreu nas eleições de setembro contra Merkel em busca de uma voz independente do partido na política nacional e agora vê a oportunidade de participar do governo ao lado da chanceler.
Do ponto de vista partidário, o partido de Shulz elaborou junto com o governo uma proposta de 28 páginas que garantem pensões, equalização da contribuição de empregados e empregadores para a saúde, e maior gasto com escolas.
Se as conversas falharem, Merkel pode se enfraquecer muito politicamente com a possibilidade de novas eleições. Se ganhar, se projetará como a chanceler de maior tempo no poder e, no caso da Alemanha, à frente da maior força econômica europeia.

Trump apoia aproximação das Coréias

 personAndré Abreu
access_time11/01/2018 - 07:30

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou estar disposto a negociar com a Coréia do Norte, sob os termos certos. Ouça:

Boston na expectativa de nevasca amanhã

 personAndré Abreu
access_time03/01/2018 - 11:40

A primeira nevasca do ano deverá cair amanhã na região de Boston. Há um sistema de tempestade de neve se aproximando da Nova Inglaterra que deverá trazer cerca de 30 cm de neve. Deve nevar durante toda a quinta (04), e na sexta (05) até o final da tarde, conforme informações da NPR (National Public Radio).
A forte onda de frio terá apenas um intervalo durante a tempestade, mas deve voltar à região nos dias seguintes. A temperatura circulava por volta dos 8 graus abaixo de zero no início da manhã.

Previsão do tempo: Natal em Londres sem neve, mas Boston com chances

 personAndré Abreu
access_time22/12/2017 - 15:19

O Natal em Londres é uma data especial em uma das cidades mais bonitas da Europa no inverno. O frio na cidade deverá ser ameno no dia de Natal com temperaturas por volta dos 10ºC, mas sem possibilidade de neve.
O meteorologista Chris Bulmer declarou no site City A.M. que no dia de Natal deve chover muito em partes da Escócia e da Irlanda do Norte, e há chance de neve no norte da Escócia, mas em geral deve predominar o tempo seco, com bastante nuvens e brisa.
Em Boston, nos EUA, a previsão traz a possibilidade de neve para o dia de Natal. A neve deve iniciar perto da meia-noite na véspera de Natal e durar as primeiras horas da manhã de Natal em regiões de Massachusetts. O centro de Boston não estará tão frio, ali a chuva chega primeiro para depois virar neve, de acordo com o Boston.com.

Novas medidas de segurança em aeroportos de países no Programa de Isenção de Vistos dos EUA

 personAndré Abreu
access_time16/12/2017 - 17:20

O governo Trump anunciou medidas de segurança mais rígidas em aeroportos no Japão, Grã Bretanha, Itália e outros países em que os cidadãos não precisam de vistos para entrar nos Estados Unidos.

Cerca de vinte milhões de pessoas viajam por ano aos EUA sob o programa de isenção de vistos, que permite estadias de até 90 dias no país. As novas medidas afetarão os aeroportos dos 38 países envolvidos no programa.

O Departamento de Segurança Interno dos EUA também pretende aumentar a fiscalização dos visitantes que ficam além do tempo permitido. Em 2016, mais de 500 mil visitantes não deixaram os EUA dentro do tempo previsto. Cerca de 147 mil pessoas tinham passaportes com isenção de visto, de acordo com autoridades de imigração.

Começa temporada de neve na Costa Leste

 personAndré Abreu
access_time10/12/2017 - 16:40

A temporada de neve começou na Costa Leste no sábado (09) com precipitações de neve de Atlanta a Boston. Na capital, Washington, a neve caiu pela primeira vez em dezembro depois de quatro anos. Em Atlanta as condições de trânsito pioraram muito devido à camada de gelo que se formou em algumas rodovias e pontes. Atlanta não tem a estrutura das cidades de Massachusetts para enfrentar a precipitação.
Na região de Boston, segundo Misael da Silva, nevou cerca de 25 cm. O domingo (10) está ensolarado com temperatura na faixa dos 2 graus abaixo de zero.

Veja o vídeo enviado por Misael clicando aqui.

Também neva na região de Londres. Assista a neve caindo no Reino Unido clicando aqui.

Trump reconhece Jerusalém como capital de Israel

 personAndré Abreu
access_time07/12/2017 - 09:26

Mais uma decisão polêmica. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconhece Jerusalém como capital de Israel. Com a decisão, os EUA se tornam o único país a se posicionar à favor de Israel desta forma. O impasse se deve ao fato de que Jerusalém é disputada por Israel e Palestina.

Trump: investigação se aproxima do presidente dos EUA

 personAndré Abreu
access_time03/12/2017 - 10:56

Com Michael Flynn se declarando culpado de mentir ao FBI, a polícia federal dos EUA, na última sexta-feira (01) em uma corte federal em Washington, a investigação dá um passo mais próximo em direção ao presidente Trump. Flynn foi assessor do Conselho de Segurança Nacional por pouco mais de dois meses. Saiu porque a pressão estava aumentando no Senado para que suas ligações com a Rússia fossem investigadas. O ex-assessor agora é uma bomba-relógio pronta a desarmar com novas revelações que poderão afetar o curso da presidência de Trump.
Nas próximas semanas o foco ficará sobre Robert Mueller, o promotor responsável pela investigação da interferência russa nas eleições de 2016.
Na madrugada de sábado (02), contrastando o clima político em Washington, o Senado deu uma vitória importante ao presidente ao passar a reforma fiscal.
Os próximos dias prometem.

Coréia do Norte realiza novo teste com míssil

 personAndré Abreu
access_time29/11/2017 - 11:47

As últimas declarações do governo da Coréia do Norte afirmam que possuem um míssil nuclear capaz de atingir todo o território dos Estados Unidos. Segundo o Pentágono, há possibilidade de um míssil atingir a capital, Washington.

OUÇA no boletim abaixo:

Alemanha: Futuro de Merkel é incerto

 personAndré Abreu
access_time21/11/2017 - 14:51

Os números simplesmente não fecham. No final de setembro a chanceler alemã Angela Merkel teve uma vitória nas urnas, mas seu partido perdeu cadeiras. Outros partidos cresceram como o FDP (Liberais democratas) e a AFD (Alternativa para a Alemanha).
Logo após a eleição, Merkel construiu um caminho de negociação com o FDP. Pareciam fechados com o projeto de Merkel. Mas as conversas desandaram nos últimos dias e sem a sua cooperação fica impossível formar um governo que mantenha Merkel no poder.
O quarto mandato de Merkel está ameaçado. O presidente alemão Frank-Walter Steinmeier poderá quebrar o impasse convocando novas eleições. Merkel passaria para os livros de história.

EUA bate Brasil em número de feriados nacionais

 personAndré Abreu
access_time15/11/2017 - 07:54

A relação de feriados nacionais nos EUA revelam 13 dias de folga para funcionários do governo federal e alguns setores privados. No Brasil temos 9 dias. A lista não é perfeita, pois existem ainda feriados, em ambos países, com características locais e, portanto, não contabilizados. O certo é que os correios, os bancos e os órgãos federais fecham nestes treze dias. Mas a lei federal diz mais para os norte-americanos no setor público: feriados que caem no sábado são celebrados na sexta, e os que caem no domingo ficam para segunda.
Não é tradição nos EUA emendar feriados, mas tradicionalmente, no feriado de Ação de Graças (23 de novembro, esse ano), a emenda acontece: quinta, sexta, sábado e domingo são dias de descanso. Os aeroportos estarão cheios no feriadão em que mais se viaja no ano.