Notícias em destaque

  Documentário mostra os 10 anos de Dom Jacinto em Criciúma

commentJornalismo access_time13/11/2019 07:20

Trabalho do jornalista Nei Manique resume em meia hora trajetória que aniversaria hoje

Em jogo antecipado, Flamengo e Vasco se enfrentam pela 34ª rodada nesta quarta (13)

commentEsporte access_time13/11/2019 16:00

Clássico carioca é o único jogo da série A nesta quarta; jogo será disputado no Maracanã

Tigre quebra jejum de nove jogos sem vencer

commentCriciúma EC access_time12/11/2019 22:30

Criciúma supera o Londrina no Majestoso por 2x0

Blog André Abreu

Começa temporada de neve na Costa Leste

 personAndré Abreu
access_time10/12/2017 - 16:40

A temporada de neve começou na Costa Leste no sábado (09) com precipitações de neve de Atlanta a Boston. Na capital, Washington, a neve caiu pela primeira vez em dezembro depois de quatro anos. Em Atlanta as condições de trânsito pioraram muito devido à camada de gelo que se formou em algumas rodovias e pontes. Atlanta não tem a estrutura das cidades de Massachusetts para enfrentar a precipitação.
Na região de Boston, segundo Misael da Silva, nevou cerca de 25 cm. O domingo (10) está ensolarado com temperatura na faixa dos 2 graus abaixo de zero.

Veja o vídeo enviado por Misael clicando aqui.

Também neva na região de Londres. Assista a neve caindo no Reino Unido clicando aqui.

Trump reconhece Jerusalém como capital de Israel

 personAndré Abreu
access_time07/12/2017 - 09:26

Mais uma decisão polêmica. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconhece Jerusalém como capital de Israel. Com a decisão, os EUA se tornam o único país a se posicionar à favor de Israel desta forma. O impasse se deve ao fato de que Jerusalém é disputada por Israel e Palestina.

Trump: investigação se aproxima do presidente dos EUA

 personAndré Abreu
access_time03/12/2017 - 10:56

Com Michael Flynn se declarando culpado de mentir ao FBI, a polícia federal dos EUA, na última sexta-feira (01) em uma corte federal em Washington, a investigação dá um passo mais próximo em direção ao presidente Trump. Flynn foi assessor do Conselho de Segurança Nacional por pouco mais de dois meses. Saiu porque a pressão estava aumentando no Senado para que suas ligações com a Rússia fossem investigadas. O ex-assessor agora é uma bomba-relógio pronta a desarmar com novas revelações que poderão afetar o curso da presidência de Trump.
Nas próximas semanas o foco ficará sobre Robert Mueller, o promotor responsável pela investigação da interferência russa nas eleições de 2016.
Na madrugada de sábado (02), contrastando o clima político em Washington, o Senado deu uma vitória importante ao presidente ao passar a reforma fiscal.
Os próximos dias prometem.

Coréia do Norte realiza novo teste com míssil

 personAndré Abreu
access_time29/11/2017 - 11:47

As últimas declarações do governo da Coréia do Norte afirmam que possuem um míssil nuclear capaz de atingir todo o território dos Estados Unidos. Segundo o Pentágono, há possibilidade de um míssil atingir a capital, Washington.

OUÇA no boletim abaixo:

Alemanha: Futuro de Merkel é incerto

 personAndré Abreu
access_time21/11/2017 - 14:51

Os números simplesmente não fecham. No final de setembro a chanceler alemã Angela Merkel teve uma vitória nas urnas, mas seu partido perdeu cadeiras. Outros partidos cresceram como o FDP (Liberais democratas) e a AFD (Alternativa para a Alemanha).
Logo após a eleição, Merkel construiu um caminho de negociação com o FDP. Pareciam fechados com o projeto de Merkel. Mas as conversas desandaram nos últimos dias e sem a sua cooperação fica impossível formar um governo que mantenha Merkel no poder.
O quarto mandato de Merkel está ameaçado. O presidente alemão Frank-Walter Steinmeier poderá quebrar o impasse convocando novas eleições. Merkel passaria para os livros de história.

EUA bate Brasil em número de feriados nacionais

 personAndré Abreu
access_time15/11/2017 - 07:54

A relação de feriados nacionais nos EUA revelam 13 dias de folga para funcionários do governo federal e alguns setores privados. No Brasil temos 9 dias. A lista não é perfeita, pois existem ainda feriados, em ambos países, com características locais e, portanto, não contabilizados. O certo é que os correios, os bancos e os órgãos federais fecham nestes treze dias. Mas a lei federal diz mais para os norte-americanos no setor público: feriados que caem no sábado são celebrados na sexta, e os que caem no domingo ficam para segunda.
Não é tradição nos EUA emendar feriados, mas tradicionalmente, no feriado de Ação de Graças (23 de novembro, esse ano), a emenda acontece: quinta, sexta, sábado e domingo são dias de descanso. Os aeroportos estarão cheios no feriadão em que mais se viaja no ano.

Primeira-ministra do Reino Unido fixa data oficial do Brexit

 personAndré Abreu
access_time11/11/2017 - 23:35

Pelo tom da primeira ministra britânica, Theresa May, na sexta-feira (10), em um artigo no The Daily Telegraph (jornal britânico), ”, as ligações do Reino Unido com a União Europeia estão com os dias contados. May declarou que não tolerará nenhuma tentativa de bloquear "o desejo democrático do povo britânico tentando atrasar ou deter o Brexit. Seguindo a linha, o Governo apresentou na noite de quinta-feira (9) uma emenda à lei principal de saída da UE, que será debatida no Parlamento na próxima semana,

A emenda afirma que o Reino Unido abandonará o bloco em 29 de março às 2019, ao término do prazo de dois anos estabelecido no artigo 50 do Tratado de Lisboa.

O Governo de May está forçando os deputados mais europeístas a expressarem clara e publicamente sua possível oposição à saída da UE na data estabelecida.

A primeira ministra alerta, no artigo publicado no Telegraph, os políticos contra a tentação de utilizar a tramitação da lei para adiar o processo de saída. É um desafio direto a deputados conservadores rebeldes, que estariam planejando se juntarem à oposição, durante a tramitação da lei, para tentar forçar um voto vinculante no Parlamento sobre o acordo final a ser feito com a UE.

A estratégia política da primeira-ministra Theresa May busca reafirmar sua própria autoridade, após ter sido obrigada a trocar dois ministros de seu Gabinete em somente uma semana.

Catalunha: uma lição para "O Sul é Meu País"

 personAndré Abreu
access_time08/11/2017 - 09:26

A tentativa de independência da Catalunha, então região autônoma da Espanha, provou que um movimento de independência precisa estar preparado para lidar com os contratempos. Mesmo com o referendo legal do ponto de vista do Parlamento da Catalunha, e tomando ainda por base a lei internacional que não proíbe a declaração de independência, o movimento falhou ao não prever a movimentação judiciária da Espanha, que desde o primeoiro momento lutou para preservar a unidade do país.
Com povo, língua e região distintos da Espanha, a Catalunha tinha em teoria tudo para dar certo em seu movimento de separação. Entretanto, não houve o apoio internacional necessário, vindo de dentro da ONU e da União Europeia, e por outro lado, sem um confronto militar entre a Espanha e a Catalunha a divisão do território espanhol se torna impossível. O custo seria alto. Muitas vidas seriam perdidas num confronto que poderia levar semanas a meses, mas com a Catalunha seria esmagada internamente.
Por outro lado, o apoio ao movimento pelas autoridades oficiais, como o Presidente da Catalunha, Carles Puigdemont e seus ministros, mostrou que o poder central pode levá-los à Justiça como traidores: uns estão presos, outros estão em Bruxelas, considerados fugitivos.
Aplicando-se em comparação ao movimento "O Sul é Meu País". é fácil ver os caminhos difíceis para a independência dos três estados do Sul. Brasília aceitaria? Resistiríamos a confrontos com o poder central?

Atirador mata 26 pessoas em Igreja Batista no Texas

 personAndré Abreu
access_time05/11/2017 - 23:11

Um atirador, usando roupas pretas e um colete a prova de balas, abriu fogo com um rifle fora de uma pequena igreja Batista na pequena cidade rural de Sutherland Springs. O atirou continuou a atirar dentro da igreja neste domingo, matando, pelo menos, 26 pessoas.

O governador do Texas, Greg Abbott, confirmou o número de mortos, que veio aumentando durante o dia. Entre os mortos, uma mulher grávida e crianças. O número de feridos chega a 20, de acordo com informações prestradas pela polícia.

Depois de fugir da igreja, o atirador foi encontrado morto em seu carro, após uma batida, atingido por um tiro.

Boston e Nova York com diferença de 3 horas do horário de Brasília

 personAndré Abreu
access_time04/11/2017 - 23:19

Com o fim do horario de verão nos Estados Unidos neste fim de semana a diferença entre o horário de Brasília e o horário da Costa Leste passa a ser de 3 horas. Assim, 7h da manhã no Brasil, 4h na região de Boston e em Nova York (assim como em toda Costa Leste).
Em grande parte do ano a diferença é de apenas 1 hora.

Banco Federal dos EUA tem novo presidente

 personAndré Abreu
access_time03/11/2017 - 21:52

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, escolhe Jerome Powell para a presidência do Fed, o Banco Federal do país. Ouça no boletim abaixo.

Após atentado Trump propõe o fim da loteria do Green Card

 personAndré Abreu
access_time01/11/2017 - 16:25

O presidente Trump propôs nesta tarde que o Congresso cancele o Programa de Diversidade por Sorteio, comumente chamado de Loteria do Green Card. O terrorista, que matou oito pessoas e feriu outras onze ao dirigir sobre uma ciclovia na cidade de Nova York, é do Uzbequistão e entrou no país através do programa de loteria.
Trump também propôs que Sayfullo Saipov, 29 anos, fique preso em Guantánamo. Em suas declarações o atual ocupante da Casa Branca chamou o terrorista de "animal" e criticou o sistema judicial dos Estados Unidos, pois precisa ser rápido e forte.

Nova York: "Ato de terror" resulta em morte de 8 pessoas

 personAndré Abreu
access_time31/10/2017 - 22:48

Um homem de 29 anos, dirigindo uma caminhonete alugada atropelou pessoas que estavam em uma ciclovia nesta terça-feira em Manhattan. As autoridades classificam o incidente como "atentado terrorista". Oito pessoas foram mortas e várias ficaram feridas antes que a polícia atirasse no suspeito, que foi detido logo em seguida.

Por volta das 3 horas da tarde, um homem dirigindo uma caminhonete alugada entrou em uma ciclovia em Manhattan, atropelando ciclistas e pedestres. O motorista colidiu com um ônibus, ferindo dois adultos e duas crianças.

Ao sair do veículo com duas pistolas ele foi atingido com um tiro no abdômen. Feriddo, ele foi levado em custódia pela polícia. Mais tarde foram encontradas uma espinguarda de pressão e uma arma de paintball na cena do crime.

Reino Unido não reconhece independência da Catalunha

 personAndré Abreu
access_time27/10/2017 - 23:07

O porta-voz da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, declarou oficialmente que o Reino Unido não reconhece e não reconhecerá a declaração unilateral de independência da Catalunha.
Segundo o porta-voz, a declaração de independência está fundamentada em um voto declarado ilegal pelas cortes da Espanha. O Reino Unido anseia pela unidade da Espanha e pelo respeito à Constituição do país.
Enquanto isso a situação fica tensa com a destituição da autonomia da Catalunha, medida adotada pelo Senado e que deverá encontrar forte oposição do Parlamento da Catalunha e de seus líderes políticos.
As medidas de retomada do poder por Madri apontam para o fim do atual governo da região da Catalunha e na realização de novas eleições regionais.

Jornal britânico tenta explicar por que Temer continua no poder

 personAndré Abreu
access_time17/10/2017 - 23:25

"Acusado de corrupção e com popularidade perto de zero" afirma o texto de Don Philllips no The Guardian. Nele, Phillips escreve que a democracia brasileira está ameaçada pela simpatia popular ao autoritarismo. Temer é pincelado como o presidente mais impopular na história política recente. A popularidade do presidente atual é comparada com a popularidade de Lula em torno de 80% em 2010 e de Dilma antes do impeachment, na faixa dos 10%.
A popularidade de Temer está abaixo de três por cento, entre os jovens cai para zero.
Acusado formalmente por corrupção, formação de quadrilha e obstrução de justiça, o atual presidente encontra seu refúgio no mercado financeiro, simpático a ele pelas medidas de austeridade, reforma da previdência e o teto de gastos públicos, declara o texto.
Para o britânico Guardian, Temer deve se livrar das últimas denúncias no Congresso.
Entre outros personagens da nossa política nacional, o ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, ganha destaque por sua crítica à política nacional ("nosso país está refém de políticos inescrupulosos"), enquanto Janot é destacado pela denúncia contra Lula e Dilma.
O PMDB é mencionado por ser a sigla que abriga Temer e mais seis líderes partidários envolvidos com formação de quadrilha.
O original em inglês pode ser lido aqui: https://www.theguardian.com/world/2017/oct/17/accused-of-graft-popularity-near-zero-so-why-is-brazils-president-still-in-office.